Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Carro no Brasil terá 13 novos itens obrigatórios de segurança; veja quais

Com medo da violência, Messi colocou em dúvida a sua aposentadoria na Argentina

O astro argentino Lionel Messi, estrela do Barcelona. (Foto: Reprodução)

O astro argentino Lionel Messi, estrela do Barcelona, colocou em dúvida sua intenção de se aposentar jogando pelo Newell’s Old Boys, time de sua infância, devido ao difícil momento que a Argentina atravessa em relação à violência.

Muitas vezes falei que meu sonho é jogar no Newell’s, mas não sei o que vai acontecer, e parte desta dúvida se deve ao momento do país”, afirmou o jogador em entrevista à emissora argentina TyC Sports.

Tenho uma família e hoje eles estão em primeiro lugar, depois eu. Quero que cresçam tranquilos, cresçam podendo desfrutar da vida com segurança. É muito feio ver as coisas que estão acontecendo na Argentina, sair na rua e por quererem te roubar você pode ser morto. Como vou levar meus filhos pra lá se em Barcelona tenho tudo e estou tranquilo?”, completou.

Apesar das ressalvas, Messi admitiu seu desejo de viver no país onde nasceu e pode vestir a camisa do Newell’s Old Boys, clube em que jogou nas categorias de base.

O que mais quero é poder viver na Argentina. Poder aproveitar de todo o tempo que não tive por ter vindo para Barcelona muito garoto e que meus filhos cresçam na Argentina”, explicou.

Messi, 30 anos, renovou recentemente seu contrato com o Barcelona até 30 de junho de 2021.

Na Argentina, a violência está no centro da agenda de políticos e cidadãos. Segundo dados oficiais de 2016, 27,5% das famílias argentinas já sofreram com algum tipo de delito.

Filhos

Na entrevista, Messi falou longamente, entre outras coisas, sobre a sua relação com a esposa, Antonella Rocuzzo, e os dois filhos, Thiago e Mateo, que são completos opostos, segundo o argentino. De acordo com o camisa dez do Barcelona, seu filho mais velho é mais ligado ao esporte.

“Thiago gosta de carros, motos, gosta de futebol, mas para por aí. Ele joga um pouco e já se cansa”, disse. Ele também falou que o filho de Luis Suárez zombou de seu primogênito pelo fato de Messi ter começado a partida contra o Sporting-POR no banco de reservas, pela Liga dos Campeões.

Já sobre o seu segundo filho, o craque fez questão de destacar que ele não é nada parecido com o irmão.

“Mateo é terrível, um personagem. Eles são muito diferentes. Thiago é um fenômeno, mais bonzinho, e o outro é exatamente o oposto, um filho da p…., é terrível. É lindo ver como um é diferente do outro”, disse rindo.

O casal anunciou em outubro desse ano que Antonella está grávida e que o terceiro filho será um menino.

Seleção

O argentino também afirmou que a seleção da Argentina, pelo que joga atualmente, não tem condições de ser campeã do mundo. “Temos que melhorar se aspiramos ao título mundial. Hoje há seleções melhores que nós. O Brasil está muito bem, a Alemanha é sempre favorita, a França está muito bem e a Espanha tem grandíssimos jogadores”, completou o jogador, que disputará sua quarta Copa em 2018.

 

Deixe seu comentário: