Últimas Notícias > Colunistas > Militares & Witzel

Com ordem judicial para entregar seu passaporte, Ronaldinho joga com amigos no Marrocos

Ronaldinho postou foto com amigos no Instagram. (Foto: Reprodução/Instagram)

Ronaldinho Gaúcho postou uma foto jogando futebol com amigos no Marrocos. O problema é que ele enfrenta um processo judicial deferido pelo TJ-RS (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul), que determinou a apreensão do passaporte do craque por não pagamento de multa de danos ambientais. O ex-jogador, no entanto, ainda não entregou seus documentos e continua viajando pelo mundo.

Em 2015, Ronaldinho, o irmão Roberto Assis Moreira e a empresa Reno Construções e Incorporações foram condenados por construção ilegal de um trapiche, com plataforma de pesca e atracadouro, na orla do Lago Guaíba, em Porto Alegre (RS), em área de preservação permanente, sem licenciamento ambiental.

Quando a ordem de apreensão de passaporte foi expedida, no último dia 31, Ronaldinho Gaúcho já estava fora do País, promovendo eventos de seus patrocinadores e participando de amistosos de futebol. Ele postou uma foto na última terça-feira (6) reunido com amigos e ex-jogadores, como Rivaldo e Cafu, para disputar uma partida no Marrocos.

Conforme o TJ-RS, a sentença transitou em julgado em fevereiro de 2015, mas os oficiais de justiça tiveram dificuldade de localizar os irmãos. Eles foram intimados por edital em 2017, e o valor das multas e da indenização chega a 8,5 milhões de reais. A decisão do último dia 31 atende a um pedido do Ministério Público. Segundo sentença do desembargador Newton Fabrício, os réus foram omissos durante o processo e sempre se recusaram a receber intimações.

A Justiça determinou que o passaporte de Ronaldinho fosse apreendido assim que ele retornasse a qualquer aeroporto do Brasil. O astro, porém, ainda não tem previsão de voltar ao País antes do dia 9 de dezembro, quando disputará um jogo amistoso contra o time do também ex-jogador Denilson, em São Paulo.

Três continentes

Quando a ordem de que Ronaldinho Gaúcho deveria entregar o passaporte à Justiça brasileira saiu, o ex-jogador estava em Tóquio, no Japão, em um evento da sua patrocinadora Nike. Logo depois o destino foi a França.

A última parada de Ronaldinho Gaúcho foi Marrocos. A ordem da Justiça, inclusive, foi citada nos comentários dos seguidores do astro.

“Ronaldinho, se precisar de um empréstimo para resolver sua situação na justiça só falar comigo”, brincou um seguidor. “O bruxo viaja até sem passaporte kkkkkk”, escreveu outro. “Você não está falido?”, questionou o fã, ao se referir sobre a quebra do sigilo bancário que mostrou que o craque tinha apenas R$ 24,63 na conta, insuficiente para quitar a dívida.

O astro terá que voltar à Europa nos próximos dias para um jogo festivo em Frankfurt, na Alemanha, dia 17 de novembro.

O advogado do ex-jogador, Sérgio Queiroz, disse que recorreu contra a ordem de apreensão do passaporte, mas não quis dizer quais argumentos foram utilizados para tentar derrubar a ordem judicial.

O defensor também se negou a responder outras questões como o motivo de Ronaldinho Gaúcho estar há quase quatro anos sem cumprir uma sentença por crime ambiental e por que deixou o processo correr à revelia. Ou seja, o ex-melhor do mundo abriu mão de se defender.

A Justiça determinou a medida três anos e oito meses depois do não-cumprimento de sentença por crime ambiental, em Porto Alegre.

Deixe seu comentário: