Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Empresários recuam em onda de apoio a Bolsonaro para não se expor

Com portões fechados à imprensa, o Inter entrou na reta final de preparação para receber o São Paulo neste domingo

Colorado do volante Patrick (D) aposta na força do fator local. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Na manhã dessa quinta-feira, o técnico Odair Hellmann comandou mais uma sessão preparatória do Inter para o duelo deste domingo contra o São Paulo, em casa, pela vigésima-nona rodada do Campeonato Brasileiro. Em vez do centro de treinamentos do Parque Gigante, os atletas trabalharam no estádio Beira-Rio, com portões fechados à imprensa.

A privacidade para a definição da equipe e do esquema de jogo contribuiu para manter o sigilo sobre a escalação que começará o primeiro tempo da partida, às 16h. Por enquanto, a única certeza são os retornos do zagueiro Víctor Cuesta e do volante Edenilson, após suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo.

Após os trabalhos, o zagueiro Emerson Santos concedeu entrevista coletiva. Ele reforçou o discurso do clube sobre a importância do apoio dos colorados, que devem comparecer em peso para a partida contra o Tricolor paulista, que já é um clássico do futebol nacional (incluindo a final da Copa Libertadores da América de 2006, vencida pelo Inter).

“É fundamental a torcida incentivando a gente e incomodando o adversário”, ressaltou o camisa 20, cotado para compor a defesa com Cuesta, já que o outro titular da posição, Rodrigo Moledo, ainda não está 100% pronto – ele sofreu uma lesão na coxa esquerda há três semanas.

Situação

Dono da melhor campanha como mandante neste Brasileirão, o Inter empatou ou venceu todos os jogos disputados no Beira-Rio desde o início do certame. Com 53 pontos, o clube é o vice-líder, à frente do Flamengo e do próprio São Paulo (ambos com 52).

Uma vitória colorada neste domingo, combinada a resultados favoráveis na rodada, permitirá ao Saci encostar no topo da tabela, com o mesmo escore do Palmeiras (56 pontos e que enfrenta o Grêmio, quinto colocado com 51) mas em desvantagem nos critérios qualificados.

Deixe seu comentário: