Com quatro gols de Cristiano Ronaldo, Portugal goleia Lituânia e o jogador fica mais perto de se tornar o maior artilheiro de seleções

Com os quatro gols marcados sobre a Lituânia, craque soma 93 por Portugal. (Foto: Reprodução)

O atacante Cristiano Ronaldo “pegou fogo” na tarde desta terça-feira e liderou a seleção portuguesa com quatro gols na goleada por 5 a 1 sobre a Lituânia, em jogo válido pela 6ª rodada do grupo B das eliminatórias para a Eurocopa. O meio-campista William Carvalho completou a goleada e Andriuskevicius descontou. Com a vitória elástica, os portugueses seguem em segundo, com oito pontos.

“Feliz por marcar o segundo poker a serviço da seleção e ter contribuído para mais uma vitoria rumo ao nosso objetivo”, escreveu CR7, nas redes sociais.

Os gols de Cristiano Ronaldo ajudaram a construir um dia farto de gols pela competição.Foram 34 gols em sete jogos, uma média de 4,85 gols por partida. Boa parte deles veio da vitória por 5 a 3 da Inglaterra – líder do grupo A, com 12 pontos – sobre Kosovo. Jadon Sancho (duas vezes), Harry Kane, Sterling e Vojvoda (contra) marcaram para os ingleses, enquanto Berisha (duas vezes) e Muriqi descontaram.

A rodada também foi agitada no grupo H. A França bateu Andorra por 3 a 0, com gols de Coman, Lenglet e Ben Yedder, e a Turquia goleou a Moldávia por 4 a 0. Turcos e franceses lideram o grupo, com 15 pontos cada. A Albânia, que bateu a Islândia por 4 a 2, segue em quarto, com nove.

Nas outras partidas da tarde, a Sérvia bateu Luxemburgo por 3 a 1 e foi a terceiro no Grupo B, com sete pontos, enquanto a República Tcheca fez 3 a 0 sobre Montenegro e está segundo no Grupo A, da Inglaterra, com nove pontos.

Maior goleador

Os quatro gols marcados por CR7 aproximam ainda mais o atacante de alcançar o recorde de maior goleador de seleções do mundo. CR7 tem agora 93 gols em 160 jogos pela seleção lusa. O líder da lista é Ali Daei, que pelo Irã marcou 109 gols em 149 partidas.

Cristiano Ronaldo, de 34 anos, tem tudo para se tornar o grande artilheiro de seleções na história, superando nomes como Pelé. De acordo com critérios da CBF, o Rei do Futebol soma 95 gols com a camisa do Brasil, contando jogos também contra clubes e combinados. Em jogos contra seleções, são 77 bolas nas redes.

O craque português passou e deixou na saudade alguns dos maiores artilheiros das seleções. Ferenc Puskás aparece na sequência com 84 gols, seguido do japonês Kamamoto (80 gols) e do iraquiano Hussein Saeed (78 gols).

Grande adversário de Cristiano Ronaldo nos gramados, e que nos últimos anos dividiu com o português os maiores prêmios do futebol mundial, o atacante argentino Messi aparece na 12ª posição da lista dos maiores goleadores de seleções. Pela Argentina, ele marcou 68 gols.

Outro importante nome é o alemão Klose, maior artilheiro das Copas com 16 gols. Nono entre os maiores artilheiros dos países empatado com Majed Abdullah, da Arábia Saudita, ele fez 71 gols para os alemães.