Sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Mostly Cloudy

Notícias Prossegue neste fim de semana o evento “Virada Sustentável”, com 134 atrações gratuitas em Porto Alegre

"Serenata Iluminada" deve movimentar a Redenção, a partir das 18h. (Foto: Nico Nieuwenhuys/Divulgação)

Evento já tradicional no calendário de mobilizações da ONU (Organização das Nações Unidas) para a importância de uma economia ecologicamente correta, a “Virada Sustentável” prossegue neste fim-de-semana, complementando a programação iniciada na sexta-feira. Em Porto Alegre são mais 134 atrações gratuitas até este domingo.

A maioria das atividades são realizadas no Centro Histórico, em pontos como a Orla Moacyr Scliar, Praça Júlio Mesquita, Casa de Cultura Mário Quintana e Centro Cultural da UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Também estão no roteiro o Parque da Redenção, a Vila Flores (Zona Norte) e o Morro da Cruz (Zona Leste). O ex-secretário da Cultura Vítor Ortiz é um dos coordenadores do evento.

Um dos destaques é a “Serenata Iluminada” na Redenção, a partir das 18h de sábado. Na edição do ano passado, a festa atraiu mais de 10 mil pessoas. Já na tarde de domingo, será a vez da “Pedalada da Virada”, passeio ciclístico com saída na praça Júlio Mesquita (próximo à Usina do Gasômetro).

“Se os governos locais não assumirem a questão dos 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável definidos pela ONU e que lastreiam esta edição do evento, nada vai acontecer”, destaca o secretário da Smams (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade), Maurício Fernandes. “Paralelamente, a agenda ambiental é da sociedade, não está só na mão do poder público. Por isso, a relevância da Virada Sustentável, para a discussão dos temas propostos.”

A ampla lista de atrações abrange campeonato de futebol, aula de yoga, atividades culturais para a gurizada, sarau, oficina de comida sustentável, aula de dança, música, circo, teatro e outras apresentações artísticas. A programação completa pode ser conferida em www.viradasustentavel.org.br/poa.

Esse conjunto de eventos foi selecionado a partir de 419 projetos artísticos, sociais, educativos e ambientais inscritos para a edição de 2019 da “Virada Sustentável”. Trata-se do dobro do registrado no ano passado e recorde em quatro edições já realizadas na capital gaúcha.

Morro da Cruz

A partir das 9h deste sábado, o Morro da Cruz recebe uma série de eventos, denominada “Virada Morro da Cruz – Ressignificando o Lixo”. Estão previstas cinco atividades:

– Palestra sobre reciclagem, um mutirão de limpeza, uma oficina sobre construção de brinquedos a partir de recicláveis e uma exposição dos mesmos que conscientizarão sobre a reciclagem;

– Oficina sobre como caixas de leite podem ser usadas para climatizar casas e uma ação nesse sentido servirão para se pensar em diferentes utilidades para tais resíduos;

– Roda de conversa que tocará nos temas sustentabilidade, permacultura urbana, saúde humana e animal;

– Uma exposição de fotos tiradas por crianças do Morro com a temática “lixo versus natureza” será apresentada, com uma conversa sobre o processo;

– Um desfile de moda sustentável com roupas produzidas por costureiras do Morro da Cruz será apresentado em paralelo a uma batalha de Slam entre jovens locais.

A ação conta com a parceria da ONG Misturaí, criada em 2018 para promover o intercâmbio entre grupos sociais que pouco dialogam entre si. O foco é o desenvolvimento sustentável de todos, principalmente dos menos favorecidos, em comunidades como Morro da Cruz, Vila Planetário e bairros Bom Jesus, Rubem Berta e Sarandi.

“Essa missão faz com que a Misturaí, dentre outras coisas, procure dar mais pluralidade a eventos que buscam promover impacto social, mas que, por vezes, atuam de forma centralizada”, ressaltam os organizadores. “Assim, um dos pilares da Misturaí é levar certos conhecimentos às periferias, bem como trazer ao debate público saberes periféricos normalmente ignorados.”

(Marcello Campos)

Voltar Todas de Notícias

Compartilhe esta notícia:

Aviões do futuro podem ter sala de yoga, bar e camas no compartimento de carga
Lei gaúcha que permite às empresas destinarem parte do ICMS para setor da segurança pública recebe sinal verde em Brasília
Deixe seu comentário
Pode te interessar