Últimas Notícias > CAD1 > O Inter enfrenta, nesta quinta, o Pelotas em casa na segunda rodada do Gauchão

Conheça divórcios tão caros e ruidosos quanto o de Jeff Bezos, o dono da Amazon

Bezos anunciou o seu divórcio recentemente. (Foto: Reprodução/Instagram)

Quando se trata de dizer adeus, um divórcio entre bilionários pode ser tão grande quanto o resto de suas vidas. Jeff Bezos, o fundador da Amazon que se tornou a pessoa mais rica do mundo, pode ser o próximo a entender do assunto: ele acaba de anunciar sua separação de MacKenzie, que pode sair da relação com dezenas de bilhões de dólares no bolso, no divórcio mais caro da história. Uma história formada por muitos e ruidosos divórcios milionários. Conheça outros divórcios tão caros quanto o de Bezos.

1. Roman e Irina Abramovich: US$ 300 milhões

O casal selou a união quando Roman era ainda um empresário iniciante, em 1991. Mais tarde, ele adquiriu participações na gigante de aço Evraz, Norilsk Nickel e no time de futebol Chelsea, do Reino Unido. Mais de uma década depois, Irina, uma ex-comissária de bordo, supostamente fechou um acordo de US$ 300 milhões para ter um divórcio rápido em Moscou, em vez de entrar com o processo no Reino Unido. Perder tempo também não é do perfil de Roman. Em agosto de 2017, ele anunciou a separação da terceira esposa, Dasha Zhukova.

2. Farkhad e Tatiana Akhmedova: montante não estimado

Farkhad, um magnata russo da área de petróleo e gás, vem travando uma batalha para manter sua fortuna de US$ 1,4 bilhão desde que um tribunal de Londres ordenou, em 2016, que pagasse à ex-esposa cerca de US$ 650 milhões. Apesar ter tomado um de seus helicópteros e seguir brigando pela fortuna, Tatiana também reivindicou seu iate de 380 pés — confiscado em Dubai como resultado da disputa. Ela ainda não recebeu nenhum pagamento substancial após o divórcio.

3. Jeff e MacKenzie Bezos: montante não estimado

O bilionário Jeff Bezos, fundador da Amazon, anunciou na última quarta-feira (9) em sua conta no Twitter que ele e sua mulher, MacKenzie Bezos, vão se divorciar. Bezos, de 54 anos, é a pessoa mais rica do mundo, segundo ranking da revista Forbes, com uma fortuna atualmente estimada em US$ 146,8 bilhões.

Na postagem assinada em conjunto, o casal diz que depois de um longo período de “separação informal” ficou decidido que eles “vão continuar a compartilhar suas vidas como amigos”.

“Nós nos sentimos incrivelmente sortudos de termos encontrado um ao outro e profundamente gratos por cada um dos anos durante os quais fomos casados. Se soubéssemos que íamos nos separar depois de 25 anos, faríamos tudo de novo. Tivemos uma ótima vida juntos como casal e também vemos um futuro maravilhoso à frente, como pais, amigos, parceiros em projetos, e como indivíduos buscando empreendimentos e aventuras. Apesar de os rótulos serem diferentes, continuamos uma família e amigos queridos”, diz a nota.

MacKenzie Bezos, de 48 anos, é romancista. Sua obra mais conhecida é “The Testing of Luther Albright”. Ela foi uma das primeiras funcionárias da Amazon e, em 2014, fundou a plataforma contra assédios ByStander Revolution.

O casal tem quatro filhos. Eles se conheceram quando os dois trabalhavam na empresa de investimentos D.E Shaw, de Nova York, muito antes de Bezos fundar a Amazon.

4. Sergey Brin e Anne Wojcicki: montante não estimado

Sergey, cofundador do Google, e Anne, cofundadora da empresa de testes genéticos 23andMe, se divorciaram oficialmente em meados de 2015, ao fim de oito anos de casamento. Os empresários, que tiveram dois filhos, teriam se separado ainda em 2013. O casal supostamente tinha um acordo pré-nupcial, mas os termos não foram divulgados. Atualmente, Sergey têm cerca de US$ 48,8 bilhões, e a participação da Anne na 23andMe é de US$ 440 milhões.

5. Roy E. e Patricia Disney: US$ 600 milhões

Roy e sua esposa anunciaram o divórcio em 2007, aos 77 e 72 anos, respectivamente, depois de 52 anos de casamento. Sobrinho de Walt Disney, Roy possuía uma fortuna de cerca de US$ 1,3 bilhão à época. Então um dos pilares da Forbes 400, ele perdeu quase metade da fortuna e deixou a lista. Em 2008, casou-se com a escritora e produtora Leslie DeMeuse. Ele morreu um ano depois; Patricia seguiu em 2012 com uma fundação familiar com ativos de US$ 122 milhões (a partir de 2016), em apoio a causas ambientais e econômicas.

6. George e Marcia Lucas: US$ 50 milhões

Em 1983, os criadores de “Star Wars”, George e Marcia — uma oscarizada editora de filmes que trabalhou nos projetos de Lucas — se divorciaram após 14 anos de casamento. Embora a transferência de um valor de oito dígitos tenha sido impressionante, representa menos de 1% da riqueza atual de George, a maior parte da qual foi feita depois que ele vendeu a Lucasfilm para a Disney, por um valor de US$ 4,1 bilhões em ações e dinheiro, em 2012.

Deixe seu comentário: