Últimas Notícias > Capa – Destaques > Morre, aos 54 anos, o técnico Beto Campos, que foi campeão gaúcho pelo Novo Hamburgo em 2017

Conheça o fascinante mundo das celebridades do Instagram que não existem no mundo real

Shudu é um misto de modelo e obra de arte. (Foto: Reprodução/Instagram)

Existem celebridades no Instagram que não são pessoas reais. É o caso da “modelo” Shudu, criada por computador. Em abril do ano passado, a imagem dessa então desconhecida modelo na rede social desencadeou uma busca global por sua identidade. Com sua pele negra sem qualquer imperfeição e suas pernas longilíneas, ela imediatamente atraiu milhares de seguidores. Mas quem era a misteriosa Shudu, só mais tarde o mundo soube. E ela não era a única celebridade do gênero.

A modelo Fatou Suri, que vive em Londres, é uma das que seguem Shudu no Instagram. Chegou, inclusive, a enviar-lhe uma mensagem privada. Shudu respondeu seguindo-a de volta, e aparentava ser amigável e acessível. “Estou sempre buscando pessoas inspiradoras para seguir”, diz Fatou. “Foi inspirador ver uma modelo de pele negra sendo celebrada de tal forma. Ela representava alguém incrivelmente linda, perfeita de corpo e alma”, acrescenta.

No início deste ano, Fenty Beauty – a marca de maquiagens da cantora pop Rihanna – postou uma imagem de Shudu usando um batom laranja. A foto viralizou. Na primeira metade de maio de 2018, Shudu já tinha mais de 110 mil seguidores no Instagram.

Mas, então, a verdade veio à tona, graças a uma reportagem na revista americana Harper’s Bazaar: Shudu não era de carne e osso. Trata-se de uma criação gerada por computador do fotógrafo britânico Cameron-James Wilson.

Wilson alega que nunca quis enganar ninguém – ele descreve Shudu como “uma obra de arte” e a vê como uma celebração “virtual” da beleza da mulher negra.

O fotógrafo diz ter passado por um “conflito” sobre como representá-la, se de forma real ou virtual. À medida que mais pessoas começaram a segui-la, Shudu tornou-se rapidamente uma influenciadora – um fenômeno social que se provou uma plataforma lucrativa e poderosa, especialmente na visão das marcas de moda, para alcançar novos mercados. Isso estava acontecendo a despeito das intenções artísticas de Wilson.

Ele decidiu, então, dar transparência a seu projeto e contar a verdadeira história. “Ficava muito ansioso quando recebia as mensagens e honestamente não podia esperar o dia em que todo mundo soubesse da verdade”, diz.

Quando descobriu a verdade sobre Shudu, Fatou ficou chocada, depois um pouco desiludida. “Foi uma sensação estranha”, diz ela. “Senti como se não soubesse nada sobre ela e queria lhe fazer mais perguntas.”

No entanto, Fatou decidiu continuar seguindo os posts de Shudu por seu valor estético. Mas agora, quando recebia uma mensagem dela, sabia que estava conversando com Wilson.

“Como modelo, minhas fotos são melhoradas no computador. Às vezes, minha aparência chegava a mudar completamente; então é algo parecido”, diz ela. “Obviamente, Shudu é muito perfeita. Fico um pouco feliz em saber que ela não é real!”.

Shudu está sendo chamada de a primeira supermodelo digital do mundo, mas ela não é a única influenciadora virtual.

Uma conta no Instagram chamada @lilmiquela retrata uma jovem com sardas, lábios carnudos e cabelos escuros. Em várias de suas fotos, ela aparece com roupas de marcas caras, como Prada e Chanel. Seu empresário diz que “ela só conseguiu ganhar dinheiro projetando e trabalhando em coleções com marcas”.

Em fevereiro, a revista Vogue a chamou de “It Girl fictícia”. Mas para seus mais de 1,1 milhão de seguidores (em maio de 2018), o que faz de Miquela mais do que apenas um manequim virtual é sua história. No ano passado, ela lançou um single, Not Mine, um dos mais tocados no serviço de streaming de música Spotify.

Miquela também usa sua plataforma para apoiar causas sociais como Black Lives Matter e uma organização chamada Black Girls Code, que oferece aulas de tecnologia para meninas. Tudo isso tende a confundir ainda mais as fronteiras entre o mundo real e virtual nas quais ela parece habitar.

Os comentários no seu Instagram refletem que há um certo grau de confusão entre seguidores sobre ela ser real ou não. Sua identidade permanece um grande mistério.

Deixe seu comentário: