Últimas Notícias > Capa – Você viu > Confira a programação de shows com entrada franca durante os nove dias de Expointer

Conheça pratos afrodisíacos para animar o Dia dos Namorados

"Gengibre, pimenta, chocolate com pimenta e wasabi são alimentos que despertam o sentido de uma forma não óbvia", recomenda a terapeuta tântrica Carol Teixeira.

Às vezes só uma mordidinha é suficiente para arrepiar. E uma aposta certa no menu do Dia dos Namorados pode causar efeito desejado.

“Gengibre, pimenta, chocolate com pimenta e wasabi são alimentos que despertam o sentido de uma forma não óbvia”, recomenda a terapeuta tântrica Carol Teixeira. “A questão do paladar parece sutil, mas não é. O corpo fica naturalmente mais aberto, e você sai da sua zona de conforto.”

Foi com a intenção de sair do lugar comum que Carlos Ohata, do Soy, em Copacabana, criou chirashis especiais para a data. Um deles leva salmão, ikura, cebolinha, avocado, crispy de baroa, tempurá de camarão, e wasabi para acompanhar (R$ 69).

Peixes e frutos do mar, aliás, sempre foram aliados do cupido. No Térèze, no Hotel Santa Teresa, a sugestão de Esteban Mateu é o crudo de vieiras (R$ 58): sagu, pimenta, uva verde, rabanete, maçã, abacate, pepino e aguachile. A vista é por conta da casa.

Os ingredientes afrodisíacos foram a inspiração do menu “Para namorar”, de Morena Leite, do Capim Santo (R$ 299, o casal). O churros de tapioca com vatapá de ostras é uma boa pedida para começar a noite, que segue com mignon de cordeiro com farofa de amendoim e purê de mandioquinha. A sobremesa é só love : sopa morna de frutas vermelhas com sorvete de rosas.

Para puro deleite do casal, o chef Henrique Fogaça tem a receita ideal no Sal Gastronomia, na Barra: o camarão com vieira, creme de castanha e palmito pupunha (R$ 56).

“Esse prato está cheio de ingredientes considerados afrodisíacos, como castanha, pimenta, coentro e camarão”, ressalta o chef.

Os casais veganos ganharam um menu completo (R$ 90, por pessoa) e estimulante na Casa Graviola. Para começar, minitortilha de cogumelos grelhados com hummus, risoto de parmesão vegano com shimeji ao alho de principal e, para fechar, ganache de chocolate com leite de amêndoas quente, tartar de morango, castanhas e sorvete.

Ainda que Carol recomende evitar bebidas alcoólicas para preservar a lucidez e a sutileza dos sentidos, há quem não dispense um drinque. Uma aposta certeira é o Terra e Alma (R$ 34,90), do Micro Bar, no Leblon. Além de mito aromático, o coquetel, à base de um blend de Chivas Extra e Black Label, leva catuaba artesanal, Cynar, geleia de jabuticaba, bitter aromático e absinto.

Outro drinque que promete mexer com os instintos é o De Compostela (R$ 32), do Garoa Lounge Bar, no Leblon, com uma infusão de gim e parmesão, brandy de Jerez, xarope de pão e molho de maracujá. O detalhe é o mexilhão em conserva, que vem sobre a concha de vieira no topo do copo.

Antes do enfim, sós, um docinho sempre cai bem. Se a combinação der match, melhor. De frente para o prado, o Inverso Gávea turbinou o tradicional brownie de chocolate. O de lá é de chocolate com pimenta e castanha (R$ 28), com castanha do Pará, pimenta dedo-de-moça e servido com sorvete de manga com gengibre.

 

Deixe seu comentário: