Últimas Notícias > Capa – Coluna Direita > Uma mulher e seis filhos morrem em bombardeios do governo sírio

Contas do governo federal melhoram, mas Estados e municípios têm piora

BC manteve a taxa Selic em 14,25% ao ano (Foto: Antônio Cruz/ABr)

O setor público registrou superávit de 27,9 bilhões de reais em janeiro deste ano, informou ontem o BC (Banco Central), um aumento de 33% em relação ao mesmo mês do ano passado. Houve melhora na esfera federal, mas piora nos dados dos governos regionais.

Na quinta-feira, o governo já havia informado que uma questão contábil faria com que o resultado na esfera federal apurado pelo BC (20,9 bilhões de reais) ficasse bem acima do anunciado um dia antes pelo Tesouro Nacional (14,8 bilhões de reais).

Em dezembro, o BC registrou como déficit algumas dívidas com bancos públicos que só entraram na estatística do Tesouro em janeiro. O BC estima que o resultado divulgado na sexta-feira esteja cerca de 8 bilhões de reais acima do apurado pelo Tesouro por conta desse fator.

Na quinta-feira, o Tesouro informou também que o resultado de janeiro estava influenciado por um fator atípico, uma arrecadação extraordinária de 11 bilhões de reais com o leilão de hidrelétricas de novembro.

Mês favorável

O Banco Central lembrou ainda que janeiro é um mês historicamente favorável para as contas públicas, o que explica porque o resultado voltou a ficar positivo, depois de oito déficits registrados entre abril e dezembro do ano passado. (Folhapress)

Deixe seu comentário: