Últimas Notícias > CAD1 > O papa pediu perdão aos chilenos afetados por escândalo de abusos sexuais

Contas do governo gaúcho fecham maio com déficit de R$ 700 milhões

Candidatos ao Piratini têm uma amostra do que encontrarão pela frente. (Foto: Divulgação)

Ao quitar ontem a folha dos servidores do Executivo do mês de maio, o governo completou a parte líquida, que fechou em R$ 1,217 bilhão, sem considerar os valores das consignações. Somando todas as matrículas que o governo paga, existem ao todo, mais de 341 mil vínculos entre ativos, inativos e pensionistas. Estes são os números reais, que devem servir para que os candidatos a governar o Estado percebam o que terão pela frente: só em maio, a receita líquida do Estado ficou em R$ 2,634 bilhões, enquanto as despesas somaram R$ 3,400 bilhões.

Alckmin abre o coração: “Queremos o DEM como aliado”

O ex-governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, foi bastante claro ontem, ao afirmar que deseja ter o DEM como aliado. Como o DEM ainda mantém a pré-candidatura do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, à Presidência da República, Alckmin, prudente, avaliou que “enquanto tiver candidato, nós respeitamos. Mas se pudermos estar junto lá na frente, é tudo que queremos”.

E o Datena?

Ontem, a coluna política do Estadão especulou que o jornalista Datena, que é filiado ao DEM, voltou a pensar seriamente no assunto e poderá ser a grande cartada do partido para criar um fato novo na campanha eleitoral. Os caciques do DEM, capitaneados pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, estão “pondo pilha” em Datena para encarar o desafio. Ele viajou para Brasília ontem, conversou com Maia, mas não se sabe ainda como foi a conversa.

Decisão sensata na Defesa

Andou bem o presidente Michel Temer ao efetivar o general do Exército Joaquim Silva e Luna como ministro da Defesa. Desde que a pasta foi criada, em 1999, é a primeira vez que um militar ocupa o posto. Antes do general Silva Luna, o filósofo Denis Rosenfield, amigo pessoal de Temer, e com trânsito nos oficiais-generais das três armas foi convidado, mas preferiu não aceitar o cargo.

Quer trabalhar só um dia por semana? Saiba como

Segundo informação publicada pelo O Globo, os deputados paraenses aprovaram a redução do expediente no período eleitoral a um dia por semana. O dia da penitência será a terça-feira. Em razão do início do Mundial, o esquema especial de trabalhar só um dia por semana já começou nesta terça-feira. No resto da semana, não haverá expediente. O detalhe: o salário dos deputados chega a R$ 25 mil, fora as verbas adicionais, mas não se falou em desconto.

Acabou o almoço grátis

A greve dos caminhoneiros liberou tarifas que antes se achavam represadas. É o caso do transporte de passageiros de longo curso. Agora, os ônibus que saem da Rodoviária de Porto Alegre para as cidades do interior terão aumento de 18,91% para as linhas diretas, semidiretas e comuns com embarque em estações rodoviárias. Para os embarques que são realizados fora das estações, o aumento chegou a 22,20%. Falta definir a data de vigência. Para a Região Metropolitana, começa domingo a revisão de 8,94% no valor da tarifa de ônibus.

 

Deixe seu comentário: