Últimas Notícias > CAD1 > Criança de oito anos leva faca para escola e ameaça colega de morte em Gravataí

Convenção Coletiva de Trabalho entre Sindirádio e Sindicato dos Jornalistas é homologada

"O SindiRádio reforça seu papel proativo nestas tratativas e segue à disposição dos empresários para sanar dúvidas, prestar sua assessoria jurídica, além dos outros serviços qualificados que são historicamente disponibilizados”, afirma a presidente do SindiRádio, Christina Gadret.

A Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019, firmada entre o SindiRádio – Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS e o SINDJORS – Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado do RS, está oficializada. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) registrou nesta quinta-feira, 17 de janeiro, o documento que estabelece o acordo. O documento na íntegra pode ser conferido pelo site do SindiRádio (http://sindiradio.org.br/convencoes/cct-jornalistasrs20182019reg.pdf )

O índice de reajuste total negociado foi de 2%, sendo o INPC (1,76%) retroativo a data base (junho/2018) e 0,2357% a partir de janeiro/2019, para os que recebem acima do piso, até o limite de R$ 11.291,62. O acordo estabelece ainda os pisos salariais, que ficam em R$ 2.391,79 até 31/12/2018 e R$ 2.397,43 a partir de 01/01/2019 para a Capital, e em R$ 2.036,68 até 31/12/2018 e R$ 2.041,48 a partir de 01/01/2019 para o interior.

A Convenção Coletiva ainda compreende alteração no Adicional Salarial por Viagem, que, a partir de 1º de junho de 2018, passa a ser de R$ 55,10, e também no Auxílio Creche – agora de R$ 268,03 . O documento ainda trata de cláusulas sobre descontos salariais, gratificações, auxílios, adicionais, condições de trabalho e estabilidades, entre outros pontos.

“Estamos satisfeitos com a conclusão de mais este intenso trabalho, marcado por diálogo e análise sensata da realidade econômica em que estamos inseridos, como também das necessidades de todos os agentes envolvidos nesta negociação. O SindiRádio reforça seu papel proativo nestas tratativas e segue à disposição dos empresários para sanar dúvidas, prestar sua assessoria jurídica, além dos outros serviços qualificados que são historicamente disponibilizados”, afirma a presidente do SindiRádio, Christina Gadret.

Deixe seu comentário: