Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Isis Valverde relaciona morte do menino Rhuan com movimento feminista

Cooperativa Vinícola Garibaldi projeta 15% de crescimento na safra 2019

Expectativa é de que as 400 famílias associadas entreguem 23 milhões de quilos de uva. (Crédito: Aline Lazzari)

Os frutos do trabalho das 400 famílias associadas já começam a tomar conta da Cooperativa Vinícola Garibaldi – que espera receber 23 milhões de quilos de uva na Safra 2019, cerca de 15% a mais em relação ao período anterior.
As projeções otimistas são embasadas pela soma de sinais favoráveis registrados ao longo do ano passado. “Como tivemos um inverno rigoroso, a brotação foi bastante uniforme nos vinhedos, o que leva a crer que teremos uma produtividade acima da média.

Durante a fase de floração, o excesso de umidade exigiu um cuidado maior a fim de evitarmos a incidência de doenças fúngicas. Tivemos, ainda, ocorrência de granizo e ventos fortes em áreas isoladas, mas que não afetaram os vinhedos de nossos associados. De qualquer maneira, trabalhamos métodos de manejo como desfolha e desbrote para minimizar o impacto de fenômenos climáticos adversos. Por isso, temos expectativa de receber uvas com qualidade e maturação adequadas”, relata o enólogo da Cooperativa Vinícola Garibaldi Ricardo Morari.

O recebimento das uvas iniciou dia 03 de janeiro, com variedades como Chardonnay e Pinot Noir (para espumantes) e algumas tintas para suco, como concord e niágara, por exemplo. Estima-se que a safra 2019 originará aproximadamente 17 milhões de litros de bebidas derivadas da uva, entre espumantes, vinhos, sucos, frisantes e filtrados.

Nesse ano deve ser processado grande volume de uvas tintas Bordô e Isabel para a elaboração de suco integral. Já para os espumantes, carro-chefe da marca, haverá aumento geral na quantidade de uvas processadas de todas as variedades: Chardonnay, Pinot Noir, Prosecco, Moscatos e Riesling Itálico. “Boa parte desse acréscimo da quantidade de uvas brancas para espumante se devem a um trabalho de conversão de vinhedos realizados com nossos associados, a fim de atender a expansão das vendas de espumantes que temos alcançado nos últimos anos”, explica.Para dar conta dessa movimentação, no auge da safra o número de contratações extras pode chegar a até 50 pessoas, alocadas no recebimento das uvas, na cantina e, também, estagiários de enologia.


Espumante rosé conquistando o gosto do consumidor
Os espumantes em geral são produtos que estão adquirindo um status mais democrático, caindo no gosto do consumidor. Na Cooperativa Vinícola Garibaldi, a expectativa é que este tipo de bebida apresente altos índices de crescimento em 2019, consolidando-se no mercado brasileiro. Para atender a essa demanda, a marca oferece cinco espumantes rosés em seu portfólio, sendo um deles Premium, além de uma opção de frisante.

Retrospectiva
Momentos mais marcantes para a Cooperativa em 2018: vinícola brasileira mais premiada, com 86 conquistas (medalhas, títulos e menções honrosas); Garibaldi Moscatel eleito o Melhor Espumante do Cone Sul pelo concurso chileno Catad’Or Wine Awards; recorde de visitas no complexo enoturístico com 128 mil turistas, Taca & Trufa (harmonização de chocolates, vinhos e espumantes) como nova atração do Garibaldi Experience; marca mais lembrada do varejo gaúcho na categoria Melhor Fornecedor de Espumantes, segundo a premiação Carrinho Agas; case de sucesso no 1º Congresso Internacional de Cooperativismo Agroindustrial, realizado em Buenos Aires.

Deixe seu comentário: