Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Capa – Caderno 1 Copa do Mundo Feminina: Estados Unidos e Chile fecham a segunda rodada

Suécia vence a Tailândia e se torna líder do grupo F. (Foto: Divulgação/FIFA)

Por Bárbara Macedo*

Equipes do Grupo F entram em campo neste domingo (16), para encerrar a segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo de Futebol Feminino. Estados Unidos e Suécia venceram o primeiro jogo e ocupam os primeiros lugares do grupo. Caso vençam hoje, as duas seleções já estarão classificadas para a próxima fase do Mundial.

Suécia x Tailândia

O jogo teve início às 10h, no estádio de Nice. As duas seleções nunca se enfrentaram antes e a Suécia acabou levando a melhor. A seleção tailandesa enfrentou mais uma derrotada nesse Mundial. Após perder por 13×0 para os Estados Unidos, em um resultado histórico na competição, a equipe perdeu por cinco a um para as suecas. Linda Sembrant, Kosovare Asllani, Fridolina Rõlfo, Lina Hurtig e Eli Rubensson, em cobrança de pênalti confirmada pelo VAR, marcaram os gols da Suécia e Kanjana Sungngoen descontou para Tailândia aos 46 minutos do segundo tempo. A seleção sueca mostrou um nível técnico superior e a maior posse de bole com chances de gol mas as tailandesas chegaram a criar alguns lances de perigo e trocaram bons passes ao longo da partida.

Suécia assume o segundo lugar do Grupo F com 6 pontos. Perde em saldo de gols para a equipe americana.

(Foto:Divulgação/FIFA)

(Foto: Divulgação/FIFA)

Estados Unidos x Chile

Para fechar a rodada, Estados Unidos e Chile se enfrentaram no estádio Parc des Princes. As duas equipes já se encontraram duas vezes em jogos amistosos no ano passado. As americanas venceram as duas partidas e somam sete gols. A seleção dos Estados Unidos é uma das favoritas nesse Mundial e veio a campo com sete mudanças na equipe que atuou contra a Tailândia e anotou um histórico 13×0.

E as americanas novamente brilharam em campo e bateram as chilenas por três a zero. Os gols da partida foram marcados por Carli Lloyd (2x) e Julie Ertz. Lloyd é a primeira atleta a marcar em seis jogos seguidos por uma Copa do Mundo Feminina. A seleção americana poderia ter ampliado ainda com uma cobrança de pênalti confirmada pelo VAR, mas Lloyd chutou para fora.

A seleção chilena teve dificuldades para passar do meio de campo e sofreu com a pressão americana. Com um futebol intenso de troca de passes, recuperação de jogadas e infiltrações além de uma técnica perfeita de bola parada, a seleção dos Estados Unidos dominou a partida. O Chile até tentou reagir mas teve um gol anulado por impedimento e teve suas jogadas neutralizadas pela defesa americana. O destaque da partida ficou para goleira chilena, Endler, que fez grandes defesas para sua equipe.

(Foto: Divulgação/FIFA)

(Foto: Divulgação/FIFA)

(Foto: Divulgação/FIFA)

Veja como foi a primeira rodada do Grupo F:

Chile 0 x 2 Suécia

Estados Unidos 13 x 0 Tailândia

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Catedral de Notre-Dame celebra primeira missa após incêndio
Sine de Porto Alegre abre novas vagas nesta segunda-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar