Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Presa quadrilha de traficantes que planejava executar uma delegada no Rio Grande do Sul

O corpo da brasileira desaparecida na Austrália foi encontrado em uma praia; a causa da morte não foi informada

Criskeila estava desaparecida há 10 dias na Austrália. Embaixada brasileira diz que polícia investiga o caso. (Foto: Reprodução/TV)

O corpo da brasileira Criskeila Veloso Gomes, de 21 anos, que desapareceu na Austrália em 28 de novembro, foi encontrado neste sábado (8) em uma praia de Queensland, próxima a Brisbane, cidade onde a jovem morava. A família confirmou que recebeu a notícia de autoridades australianas. O consulado brasileiro em Brisbane confirmou que policiais encontraram o corpo da jovem.

Segundo informações da família de Criskeila, que mora em Três Lagoas (MS), o corpo foi encontrado embaixo de uma árvore, em posição sentada. O carro da jovem também foi encontrado e o celular dela estava dentro do veículo. Não há informações sobre a causa da morte.

Segundo o consulado, não havia indícios de crime, mas a família informou que será feita necrópsia na segunda-feira para verificar a causa da morte e confirmar a identidade da jovem através da arcada dentária, mas “Tudo indica que é ela”, afirma a irmã, Criskely Gomes.

O caso

Criskeila Gomes, de 21 anos, desapareceu em Brisbane, Austrália, em 28 de novembro. Ela morava na cidade com o namorado, e trabalhava em um frigorífico. A família da jovem, de Três Lagoas (MS), viveu 10 dias de angústia sem pistas sobre seu paradeiro.

A família pedia empenho da polícia australiana nas buscas pela jovem. A mãe, Maria, afirmou que ouvia sem parar o último áudio da filha, em que dizia: “Oi mãe, bênção! Tô com saudade, te amo! Fique com Deus”. Segundo a mãe, Criskeila não ficava sem falar com a família: “Toda semana ela ligava, toda semana a gente brincava de fazer coraçãozinho, ela dizia que me amava muito”.

A jovem estava feliz por ter conseguido o visto permanente

Criskeilla morava na Áustrália desde os 7 anos de idade, e depois que os pais voltaram ao Brasil, ela ficou no país com o irmão. Segundo a família, a jovem estava feliz por ter conseguido o visto permanente. O último contato com os familiares do Brasil foi por redes sociais. O consulado brasileiro em Brisbane informou que está em contato com parentes da jovem na Austrália para acompanhar o caso.

Nos últimos anos ela morava com o namorado, um australiano, que segundo a família, mantinha um relacionamento tranquilo com a brasileira. “Ela sempre falava para mim que ele era o melhor homem do mundo, levava remédio na cama, fazia massagem nas costas, porque devido ao trabalho, ela sentia muita dor. Ela falava que eles tinham uma vida muito boa, pra mim, nunca teve problemas, ela nunca demonstrou”, declara a mãe.

Deixe seu comentário: