Últimas Notícias > Atividades Empresariais > ASPECIR marca presença na 3ª Convenção Nacional de Ministros e Ministras da IECLB

“Mereço”, afirma Cristiano Ronaldo sobre ganhar mais Bolas de Ouro para ficar na frente de Messi

Apesar da rivalidade entre os dois, Cristiano Ronaldo (foto) faz questão de elogiar o rival: "É o melhor jogador que já enfrentei". (Foto: Reprodução de internet)

Às vésperas de mais uma premiação de melhor do mundo, o atacante Cristiano Ronaldo, apesar de não ser o favorito neste ano, sonha em ganhar mais uma para sua coleção, que já tem cinco troféus. Em uma entrevista à emissora de televisão britânica ITV, o português comentou sobre a sua busca incessante pela quebra de novos recordes dentro dos gramados e revelou que, quando pendurar as chuteiras, espera que possa ser lembrado como o jogador que ganhou mais Bolas de Ouro na história do futebol.

Ainda segundo o craque da Juventus e da seleção de Portugal, essa também seria a sua oportunidade de ficar acima do seu rival de geração, o argentino Lionel Messi. “[Ser o jogador com] Mais Bolas de Ouro na história do futebol. Eu adoraria. Acho que mereço. O Messi é um cara fantástico, um jogador fantástico, vai ficar na história do futebol. Mas acredito que depois de uma sexta, sétima ou oitava eu vou ficar acima dele”, afirmou.

Apesar de toda a competitividade que envolve a sua relação com o craque argentino do Barcelona, Cristiano Ronaldo também exaltou o futebol do camisa 10, o colocando como o melhor jogador que já enfrentou. “Eu e o Messi não somos amigos ‘de casa’, mas compartilhamos o palco durante 15 anos. Eu sei que ele me puxou para ser melhor e eu fiz o mesmo a ele. É o melhor jogador que já enfrentei. Sem dúvida”, disse.

Na próxima segunda-feira (23), em Milão, na Itália, Cristiano Ronaldo e Messi estarão mais uma vez na disputa para ganhar o Fifa The Best. Mas os dois não são os favoritos, já que o terceiro concorrente é o zagueiro holandês Virgil van Dijk, do Liverpool, campeão da última liga dos Campeões da Europa e escolhido o melhor da última temporada pela Uefa em uma eleição justamente contra o português e o argentino.

Aos 34 anos, Cristiano Ronaldo deu novas pistas de que a sua história no futebol está longe de terminar enquanto tiver a motivação de superar Messi, de 32. “Não sigo os recordes, os recordes me seguem. Sou viciado no sucesso e não acho que seja algo ruim, acho que é bom. Isso me motiva. Se você não está motivado, é melhor parar”, completou.

Arsenal

Na Inglaterra, Cristiano Ronaldo brilhou vestindo a camisa do Manchester United, porém ficou próximo de defender o Arsenal. O atacante revelou que foi procurado pelos Gunners em 2003, ainda quando atuava pelo Sporting, clube no qual foi revelado. Apesar de não ter um desfecho feliz por parte do time de Londres, o jogador português chegou a estar em estágio muito avançado, como confirmou o próprio atacante.

“É verdade. Claro que é verdade. Muito perto. Um passo. Sério mesmo”, afirmou o jogador. Mesmo que não tenha atuado no Arsenal, Cristiano Ronaldo revelou que tem um carinho pelos Gunners e por Arsene Wenger. O treinador francês, inclusive, era um grande entusiasta da contratação do então jovem atacante português.

“Não aconteceu, mas eu tenho um carinho pelo que o Arsenal fez por mim, especialmente o Arsene Wenger, mas no futebol você nunca sabe onde irá jogar, a vida é assim. Mas eu admiro o Arsenal porque é um grande clube”, completou.

Até o momento, Cristiano Ronaldo defendeu apenas quatro clubes em sua carreira: Sporting, Manchester United, Real Madrid e Juventus. O jogador tem 969 partidas como atleta profissional, com 695 gols marcados.