Sábado, 18 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Brasil Defesa do filho da deputada Flordelis nega que ele tenha matado o pai

Flávio dos Santos e Lucas dos Santos são suspeitos de matarem o pai. (Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

A defesa do filho da deputada Flordelis, Flávio dos Santos, negou, nesta quarta-feira (26), que ele teria confessado que matou seu pai, o pastor Anderson do Carmo. Além disso, a equipe que defende o suspeito, disse que ele é inocente e que a arma encontrada em seu quarto não é sua.

Anderson Rollemberg, advogado de Flávio, encontrou seu cliente na Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG), e disse ter ouvido da delegada Barbara Lomba, que preside o inquérito, que Flávio será transferido até sexta-feira (28) para um presídio. Rollemberg também destacou que seu cliente se defendeu das acusações durante a conversa.

“Ele me disse ‘doutor, sou inocente, preciso sair daqui porque estou com medo, estou temeroso da minha vida’. Ele disse para mim que não confessou. Se há uma confissão espontânea e voluntária, por qual motivo [a polícia] não deu direito dele procurar a assistência de um advogado?”, disse Rollemberg, rebatendo a informação, divulgada pela delegada Barbara Lomba, de que Flávio havia confessado o crime.

Flavio Rodrigues de Souza é um dos 4 filhos biológicos da deputada federal Flordelis e do pastor assassinado. Ele e o irmão adotivo, Lucas dos Santos, de 18 anos, são suspeitos de matar o próprio pai. Ambos foram presos no dia 17 deste mês.

Voltar Todas de Brasil

Compartilhe esta notícia:

Felipe Vizeu analisa primeiro semestre com a camisa do Grêmio
Pai e filha morrem ao tentar atravessar fronteira dos EUA
Deixe seu comentário
Pode te interessar