Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Novas faixas exclusivas para ônibus entram em operação em Porto Alegre

Dia do Homem: endocrinologistas fazem campanha contra anabolizantes

Todas as atividades são gratuitas e falam de temas como boa saúde e bem-estar, emprego e consumo consciente. O evento é aberto ao público.(Foto: TV Brasil/Reprodução/Agência Brasil)

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) lançou, nesta segunda-feira (15), no Dia do Homem, a campanha “Bomba, Tô Fora”. A iniciativa é contra o uso de anabolizantes sem recomendação médica. Com o lema “Bomba esculpe o corpo, mas causa: problemas no coração, câncer, infertilidade, problemas no fígado e distúrbios psiquiátricos”, a entidade destaca que este uso deve ser considerado um problema social e de saúde pública.

Os esteroides anabolizantes são utilizados com o objetivo de aumentar a massa e a força muscular. Segundo a SBEM, isto podem causar uma série de problemas de saúde como aumento da pressão arterial, elevação do colesterol ruim, aumento do risco de tromboses, embolias e infarto cardíaco, assim como hepatite medicamentosa com icterícia (amarelão), insuficiência hepática e câncer de fígado.

“É crescente a utilização da testosterona [esteróride anabolizante] em homens saudáveis com a pretensão da melhora do desempenho sexual, aumento de massa muscular e em terapias descritas como antienvelhecimento. Para essas situações, a testosterona não está aprovada. O risco do uso pode superar qualquer potencial benefício. A testosterona [é indicada] apenas para homens com deficiência e sob estrita supervisão médica”, disse o médico endocrinologista Clayton Macedo.

No homem, especificamente, o esteroide pode causar acne, aumento das mamas, redução do tamanho e do funcionamento dos testículos, impotência sexual, infertilidade, aumento da próstata e calvície.