Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Por que bombardeiros russos estão aterrissando na Venezuela

A diretoria do IEE apresenta a programação e as novidades do 31º Fórum da Liberdade, nos dias 9 e 10 de abril, em Porto Alegre

Giovana Stefani, Júlio César Lamb e Pedro de Cesaro. (Foto: Divulgação)

A diretoria do IEE apresentou na manhã desta terça-feira (13) a programação do Fórum da Liberdade, que acontecerá em Porto Alegre nos dias 9 e 10 de abril, na Pucrs, contando com nomes de destaque do cenário nacional e internacional, tais como: Sérgio Moro, Antonio Di Pietro, João Amoedo, Ciro Gomes, Marina Silva, Deidre Mccloskey e Carlos Mesa, entre outros.

Esta é a 31ª edição do evento, que segundo o presidente, Júlio César Lamb, muito orgulha a diretoria, pelo formato e proposta de permanentemente se repensar “e permanecer jovem nestes 30 anos de realização”. O IEE, como reitera Lamb se propõe a ser um agente ativo de mudança e por isso mesmo, uma das novidades do Fórum é a presentação de uma cartilha constitucional à sociedade, no encerramento do evento. “A Constituição que defendemos está baseada em princípios liberais, testados e consagrados pelo tempo na experiência política das nações”, afirma o presidente.

Outra novidade do Fórum é a Arena da Liberdade. Os participantes que comprarem ingressos VIP terão à disposição cinco palestras exclusivas, de uma hora cada, com alguns dos principais palestrantes. O público da Arena será reduzido, com a capacidade do local chegando a 500 pessoas, também na PUCRS. O objetivo é oferecer um contato maior entre público e palestrante, uma vez que o auditório central comporta cerca de 2.500 pessoas, onde o Fórum ganha palco.

O Projeto Vozes da Mudança, idealizado em parceria com a Enfato Comunicações é outra novidade do Fórum. A iniciativa envolveu 28 crianças na faixa etária entre seis e 14 anos, que desenharam e expressaram em papel seus pensamentos e o que desejam para crescerem em um país melhor. As obras, ministradas pela artista plástica Ana Cândida Lima, serão expostas durante o Fórum. O Projeto Vozes da Mudança serviu de tema central para encabeçar esta edição, que também contará co oficinas temáticas ao público, como mais um diferencial na semana que antecede o evento. As oficinas contam com a parceria de seis institutos e terão palestrantes nacionais e internacionais. Júlio César Lamb reforçou o convite à sociedade para participar do Fórum. “Queremos que a comunidade abrace o debate, que as pessoas participem para construírem suas próprias ideias”, pois o IEE, como aponta seu presidente, visa “apontar soluções concretivas para o país”. Pela diretoria do IEE, participaram também do encontro desta manhã Giovana Stefani, vice-presidente e Pedro de Cesaro, diretor. (Clarice Ledur)

Deixe seu comentário: