Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Governo brasileiro reconhece Jeanine Añez como presidente interina da Bolívia

Dólar sobe e fecha a R$3,854; bolsa tem maior queda em quase duas semanas

Moeda americana terminou o dia cotada a R$ 3,80, menor patamar desde março. (Foto: Agência Brasil)

Nesta terça-feira (9), o dólar comercial terminou o dia em leve alta de 0,13%, cotado a R$ 3,854 na venda. Ontem, a moeda norte-americana fechou em seu menor valor desde 21 de março. A cotação esteve acompanhando a espera da apresentação do parecer sobre a reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ). A expectativa é que o relatório do deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG) diga que a reforma é constitucional.

Bolsa de Valores

O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em baixa de 1,11%, a 96.291,79 pontos, após três altas seguidas. É a maior queda percentual diária em quase duas semanas, desde 27 de março (-3,57%).

A maior baixa da Bolsa nesta sessão foi da Eletrobras, que caiu 3,98%. Investidores seguiam com dúvidas sobre o cronograma de privatização da estatal. Também fecharam em queda as ações da Vale (-1,95%), do Banco do Brasil (-1,5%), da Petrobras (-0,89%), do Itaú Unibanco (-0,55%) e do Bradesco (-0,38%). Essas empresas têm grande peso no Ibovespa.