Últimas Notícias > Capa – Você viu > Procon divulga levantamento sobre preço do gás de cozinha em Porto Alegre

É possível ter um AVC ao estalar o pescoço? Sim, entenda!

Um caso inusitado acendeu um sinal de alerta para um habito do cotidiano: estalar o pescoço. Um homem, 28 anos, morador dos Estados Unidos teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) após um simples estalo.

Ele estava sentindo alguns desconfortos na região cervical e pensou em estalar para aliviar. Ao aplicar um pouco mais de força, ouviu um barulho diferente e começou a sentir o lado esquerdo do corpo ficando dormente. Em menos de uma hora, Josh Hader estava na emergência do hospital em estado grave. Se não fosse socorrido a tempo, teria morrido segundo relatos dos médicos ao Washington Post.

A manobra brusca durante o estalo provocou ruptura em uma das principais artérias do pescoço, que ocasionou uma condição conhecida como dissecção de artéria cervical. Esse tipo de lesão aumenta o risco de acidente vascular cerebral, de acordo com a Clevaland Cinic. O derrame ocorre se, no rompimento da artéria, um coágulo de sangue se formar no local  bloqueando o fluxo sanguíneo para o cérebro.

Em março deste ano, uma mulher no Reino Unido passou por uma semelhante e ficou parcialmente paralisada. Em resumo, é melhor evitar os estalos no pescoço pois não há maneira segura para realizar tal procedimento.

 

Deixe seu comentário: