Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Suspeito de roubo a estabelecimento comercial é preso em Charqueadas

Eleito deputado federal, Alexandre Frota pode ter sua prisão decretada na segunda-feira pela dívida de pensão alimentícia do filho

Alexandre Frota e o filho Mayã. O rapaz de 18 anos é filho da personal trainer Samantha Lima Gondim, que foi namorada de Alexandre Frota na década de 1990. (Foto: Reprodução/Instagram)

Eleito deputado federal por São Paulo pelo partido de Jair Bolsonaro, o ator e ativista Alexandre Frota, de 54 anos, pode ser preso a partir da próxima segunda (15) pela dívida de pensão alimentícia do filho, Mayã, fruto de seu relacionamento com a personal trainer Samanta Lima Gondim, que foi namorada de Frota na década de 1990.

De acordo com o jornal Extra, a Justiça de Brasília deferiu o pedido de protesto feito pelos representantes de Mayã. Com a decisão e o nome negativado, Alexandre Frota não poderá requerer financiamentos ou fazer compras através de crediários.

Ainda segundo a publicação, a decisão é da diretora da 4ª Vara de Família de Brasília, Renata Bittar, e, na próxima segunda (15), será pleiteado o pedido de prisão do ator. No dia 10 de outubro, Frota pagou parte da pensão devida, cujo montante agora é de R$ 42.418,39 e propôs um acordo, segundo o jornal, mas os advogados de Mayã rejeitaram que ele parcelasse o débito e tampouco que depositasse em juízo.

Além disso, as advogadas de Samantha afirmaram que vão abrir processo contra o parlamentar por injúria, difamação e porte de drogas. “É interessante notar que Alexandre Frota tem conduta recorrente em ofender pessoas por suas redes sociais. Inclusive, já fez crítica ferrenha em situação semelhante à presente, tendo sido determinado pela Justiça a retirada daquelas postagens, da internet, sob pena de multa diária”, disse, em nota, a advogada de Samantha, Juliana Porcaro.

Porcaro afirma ainda que Samantha que “não veio a público – nesses 19 anos para atacar a honra de Alexandre Frota, aliás, sempre se manteve silente tanto quanto ao relacionamento, como aos alimentos devidos ao filho. Mas, agora, e apenas para se defender das inverdades por ele recentemente ditas de forma pública, vem fazer esses esclarecimentos”.

No dia 7 de outubro, após a divulgação do resultado das eleições, Mayã criticou o fato de o pai ter sido eleito e que havia sido bloqueado pelo pai nas redes sociais. “Sou filho de um ex-ator pornô, ex-viciado em cocaína, que defende a família, mas queria me abortar. Como ele virou atual deputado federal de São Paulo, eu não sei”, afirmou Mayã, em mensagem no Twitter.

O rapaz de 18 anos é filho da personal trainer Samantha Lima Gondim, que foi namorada de Alexandre Frota na década de 1990. Há três anos, Mayã foi entrevistado pelo site Ego, e disse que sonhava seguir a carreira de modelo. Na ocasião, ele disse que não tinha contato com o pai desde 2013.

Nota de esclarecimento de Samantha Lima Gondim, por meio de sua advogada

“Teve um relacionamento com o Sr. Alexandre Frota. Na época tinha 16 anos e ele 36 anos. Desse relacionamento, que não foi de apenas uma noite, nasceu Mayã Frota hoje com 18 anos. A questão veio a público por declarações do Sr. Alexandre Frota que se ressentiu das constantes execuções de alimentos e autorizou seu advogado a falar publicamente sobre os alimentos que deve a seu filho.

Não é verdade que o Sr. Alexandre Frota sustentou o filho e a Sra. Samantha. A Sra. Samantha nunca pediu alimentos para si. Não é verdade que a Sra. Samantha trabalhava de bartender. Até porque, tinha apenas 16 anos à época.

Sobre as afirmações quanto a uso de bebidas alcoólicas e drogas, é necessário lembrar novamente que Samantha tinha apenas 16 anos à época. Mas, Alexandre Frota, 36. Então, sua exposição pública tem por consequência, no mínimo, a confissão de cometimento de crimes. Esclarece, ainda, que não fez e não faz uso de drogas ilícitas.

Também é interessante notar que Alexandre Frota tem conduta recorrente em ofender pessoas por suas redes sociais. Inclusive, já fez crítica ferrenha em situação semelhante à presente, tendo sido determinado pela justiça a retirada daquelas postagens, da internet, sob pena de multa diária.

Assim, esclarece que não veio a público – nesses 19 anos – para atacar a honra de Alexandre Frota, aliás, sempre se manteve silente tanto quanto ao relacionamento, como aos alimentos devidos ao filho. Mas, agora, e apenas para se defender das inverdades por ele recentemente ditas de forma pública, vem fazer esses esclarecimentos.

Registramos nosso total repúdio à tentativa de linchamento virtual e desmoralização da mulher e da família que o Sr. Alexandre Frota, que se diz defensor, fez.”

Deixe seu comentário: