Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Jogos de hoje definem próximo adversário do Brasil na Copa feminina

Em busca de reabilitação no Campeonato Brasileiro, o Grêmio encara o Ceará fora de casa na noite deste domingo

Tricolor gaúcho ocupa o décimo oitavo lugar na tabela, dentro do Z-4. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Vencer ou vencer: essa é a palavra-de-ordem para o Grêmio neste domingo na Arena Castelão, onde enfrenta o Ceará às 19h, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. A urgência de um resultado positivo se explica pela tabela: com apenas dois pontos somados, o Tricolor gaúcho é o décimo-oitavo colocado, na zona do rebaixamento, enquanto o modesto adversário (com um ponto a mais) está em décimo quinto.

Instalado desde a noite de sexta-feira em Fortaleza, na manhã passada o grupo do Mosqueteiro realizou o seu último treino antes do confronto. A primeira parte do trabalho foi realizada com os portões fechados à imprensa. Quando o acesso foi liberado, os repórteres puderam ver os atletas disputando o tradicional “rachão recreativo” que antecede os jogos e que, mais uma vez, teve o próprio técnico Renato Portaluppi entre os participantes.

A equipe terá alguns desfalques importantes. O zagueiro Kannemann está suspenso e estão em recuperação o também defensor Paulo Miranda, o lateral Bruno Cortez, o atacante Diego Tardelli e o meia Jean Pyerre. Além disso, o volante Maicon e os atacantes Luan e Montoya foram poupados e nem viajaram. Mas a escalação só será divulgada uma hora antes do apito inicial.

Everton

A delegação gremista permanece concentrada na praia de Mucuripe. O atacante Everton, convocado para a Seleção Brasileira na Copa América, foi a grande atração no treino: ele é cearense da cidade de Maracanaú e inclusive já treinou no mesmo centro de treinamentos onde o time gaúcho trabalhou nesse sábado.

Após a atividade, “Cebolinha” foi bastante procurado por jovens atletas das categorias de base do Fortaleza (dono do espaço cedido para o treino). Tudo observado de perto pelo pai do jogador, orgulhoso.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: