Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > “A covardia brasileira se manifesta”, afirma Gustavo Victorino sobre protestos contra liberação de fuzis

Uma empresária do ramo gastronômico de Gramado foi libertada após ter sido sequestrada

Três pessoas foram detidas como suspeitas do crime. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Uma empresária do ramo gastronômico foi libertada, no final da noite da última terça-feira (12), em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre, após ser sequestrada entre os bairros Vila Moura e Dutra, em Gramado, na Serra Gaúcha.

De acordo com informações da Polícia Civil, três pessoas foram detidas como suspeitas do crime. Dois foram presos em flagrante e um adolescente foi apreendido por policiais.

A Polícia Civil informou também que a quantia do resgate foi recuperada. No entanto, o valor não foi divulgado.

A empresária, que é sócia-proprietária de um restaurante na cidade da Serra Gaúcha, foi atacada pelos criminosos quando dava uma carona para funcionários da empresa dela. Ela não ficou ferida.

Idosos

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Gramado, na Serra Gaúcha, prendeu na manhã desta quarta-feira (13), em Capão da Canoa, no Litoral Norte, um homem suspeito de matar um casal de idosos.

A ação, que contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Canela e Três Coroas, foi decorrente do cumprimento de mandado de prisão preventiva pelo assassinato de dois idosos ocorrido no último mês, em Gramado. Objetos pessoais das vítimas foram recuperados.

Segundo o delegado Gustavo Barcellos, o indivíduo é suspeito de assassinar dois idosos na madrugada de 24 de novembro. “O fato chocou a comunidade pela brutalidade. As vítimas foram mortas com golpes de faca que as atingiram na região do pescoço”, contou o delegado.

Após o crime, o suspeito fugiu para Capão da Canoa. Os policiais localizaram o indivíduo, após diversas diligências e intenso trabalho investigatório, escondido na casa de uma irmã. “Durante as buscas, ele foi localizado escondido dentro de um sofá na sala da casa”, acrescentou Barcellos.

Associação criminosa

Na tarde desta quarta-feira (13), a Polícia Civil, com apoio da Brigada Militar, prendeu em flagrante quatro pessoas em Ibirapuitã. Os presos são três homens e uma mulher por receptação, porte ilegal de arma de fogo raspada e associação criminosa.

A organização criminosa é investigada em diversos roubos, furtos e receptações em Passo Fundo e região. Ao realizar buscas no interior da residência, em Passo Fundo, os policiais identificaram diversos eletrodomésticos, roupas, calçados, eletrônicos e documentos pessoais das vítimas. No fundo da residência ainda foi localizada um revólver calibre .38 com a numeração raspada.  Os furtos ocorreram em Ibirapuitã. 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: