Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, diz que considera testemunhar em processo de impeachment contra ele

Esposa de Ernesto Araújo pega “carona” em avião da FAB

Somente o ministro e a equipe que o acompanha no compromisso podem utilizar as aeronaves. (Foto: Sargento Johnson/Força Aérea Brasileira)

Os voos da Força Aérea Brasileira (FAB) servem para facilitar o deslocamento de autoridades no cumprimento de suas agendas de trabalho. Mas não foi bem isso que aconteceu com a esposa do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, que pegou uma “carona” com o marido para ir e voltar de Paris, na França.

Maria Eduarda de Seixas Corrêa ficou em Paris como turista, sem pagar passagem e compartilhando o quarto com o marido. A hospedagem foi custeada pelo governo, uma vez que Ernesto estava em missão oficial. O voo foi agendado pelo governo federal para o deslocamento do ministro a um encontro da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) na capital francesa, que ocorreu entre 20 a 25 de maio deste ano.

A mulher do chanceler também é diplomata e trabalha como chefe da Divisão de Treinamento e Aperfeiçoamento, um setor administrativo responsável pelo aprimoramento de funcionários no Itamaraty. Porém, no capítulo reservado aos voos oficiais, a cartilha estabelece que somente o ministro e a equipe que o acompanha no compromisso podem utilizar as aeronaves. As justificativas para a solicitação dos voos precisam ser, ainda de acordo com a cartilha, por motivos de segurança e emergência médica ou por viagem a serviço.