Últimas Notícias > Colunistas > TRF, Lula e Moro

A estátua do jogador argentino Lionel Messi sofreu vandalismo pela segunda vez

A polícia local não sabe quem são os responsáveis pelo ato que cortou a obra pelos pés. (Foto: Reprodução)

Uma estátua em homenagem a Lionel Messi, em Costanera Sul, em Buenos Aires, na Argentina, sofreu vandalismo e foi destruída neste domingo (3). Segundo informações dos jornais argentinos, a polícia local não sabe quem são os responsáveis pelo ato que cortou a obra pelos pés. O “corpo” de Messi ficou jogado no chão.

Não é a primeira vez que a obra, inaugurada em agosto de 2016, sofre com esse tipo de ação. Em janeiro deste ano, ela teve suas mãos e cabeças destruídas.

O local é uma espécie de templo de homenagem a atletas argentinos. O jogador de basquete Emanuel Ginóbili, o ex-tenista Guillero Vilas e o ex-piloto de fórmula 1 Juan Manuel Fangio também têm estátuas na área.

Bola de ouro

Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, crê que Cristiano Ronaldo vencerá a Bola de Ouro, superando Lionel Messi.

A estrela portuguesa, que venceu o prêmio The Best da Fifa pela segunda vez em outubro passado, é um dos grandes favoritos à taça individual da France Football, vencendo La Liga e a UEFA Champions League.

Houve rumores que o atacante do Barcelona, Lionel Messi, seria nomeado o vencedor em 7 de dezembro, depois de imagens do atleta com a Bola de Ouro circularem nas redes sociais.

Deixe seu comentário: