Últimas Notícias > Colunistas > Fatos históricos do dia 23 de outubro

A estreia do Brasil na Copa América teve 22 milhões de reais de renda e bateu recorde

O Brasil venceu a Bolívia por 3 a 0 no Morumbi. (Foto: Reprodução/Instagram)

A estreia da Seleção Brasileira na Copa América bateu o recorde de renda em uma partida de futebol no País. A vitória por 3 a 0 sobre a Bolívia, na sexta-feira (14), no Morumbi, foi vista por 47 mil pessoas, com uma arrecadação de R$ 22.476.330,00.

A marca anterior também era do Brasil, nos 3 a 0 sobre o Chile no Allianz Parque, pela última rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018: R$ 15.118.391,02. A final da Libertadores de 2013 entre Atlético-MG e Olímpia (R$ 14.176.146,00), a vitória da Seleção sobre a Argentina também nas últimas Eliminatórias (R$ 12.726.250,00) e sobre o Paraguai (R$ 12.323.925,00) completam o top-5 de maiores arrecadações.

Os ingressos para a abertura da Copa América custavam entre R$ 190 e R$ 590, sem levar em consideração meia-entrada. A expectativa era de um público muito melhor do que os 47.260 presentes no Morumbi. A organização esperava algo em torno de 67 mil pessoas, o equivalente à capacidade máxima do estádio.

O público mostrou-se bastante distante da Seleção, até com vaias na ida para o intervalo. A partir do momento que os gols começaram a sair, o ambiente tornou-se mais amigável, até com gritos de olé. Após o apito final, os atletas foram aplaudidos.

Arthur

O volante Arthur treinou normalmente na tarde de sábado (15) na reapresentação da Seleção Brasileira, na Academia de Futebol, como é chamado o CT do Palmeiras, em São Paulo, após a vitória sobre a Bolívia por 3 a 0, na noite de sexta-feira (14), no Morumbi, estreia na Copa América. Com isso, o jogador do Barcelona estará à disposição do técnico Tite no jogo diante da Venezuela, terça-feira (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Ele deverá entrar no lugar de Fernandinho.

Arthur levou uma pancada no joelho direito ainda durante o primeiro tempo do amistoso contra Honduras. Por isso, desfalcou o time de Tite na estreia. A lesão chegou a preocupar a comissão técnica, pois havia remota possibilidade de corte. O jogador evoluiu bem e está recuperado. Após a vitória na estreia, o próprio jogador afirmou que estava bem. “Já estou recuperado. Agora é só voltar a treinar”, disse o atleta na saída do Morumbi.

Sem Arthur, Tite optou por Fernandinho no meio-campo da seleção ao lado de Casemiro. Allan foi preterido. “O Allan vai fazer o ‘área a área’ e faz o Daniel Alves vir para trás. E aí eu teria que escolher uma ou outra. Com o Fernando, eu tenho dois jogadores ali que ganham liberdade”, explicou Tite em entrevista coletiva após a vitória sobre a Bolívia.