Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Bolsonaro assina decreto sobre bem-estar de animais em rodeios

Estudante de odontologia morre eletrocutada em festa no Rio de Janeiro

Maria Fernanda completou 20 anos e cursava odontologia no Rio. (Foto: Reprodução Internet/ Facebook)

Uma jovem faleceu, na madrugada deste domingo (14), após ser eletrocutada em uma grade metálica na área de produção de um evento no Rio de Janeiro. Maria Fernanda de Lima tinha 20 anos e cursava o primeiro semestre de odontologia na Universidade Veiga de Almeida (UVA). Nas redes sociais, em fevereiro deste ano, ela compartilhou uma foto do trote organizado pelos veteranos, com uma escova de dentes: “eu escolhi amar e servir meus veteranos”, escreveu ela.

(Foto: Reprodução Internet/ Facebook)

A estudante foi socorrida pela equipe médica de plantão do evento, mas, já no Hospital Souza Aguiar, faleceu após sofrer quatro paradas cardíacas. Maria Fernanda é a mais nova de quatro irmãs.
A equipe da organização do evento, Puff Puff Bass, publicou uma nota informando o ocorrido no Facebook. Assim que informados sobre a tragédia, cerca das 3h da manhã, eles interromperam os shows. Ainda durante a madrugada, eles trocaram a foto de perfil para uma imagem com fundo preto, em demonstração do luto pela morte de Maria Fernanda.


A Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro (SMC), responsável pela gestão do terreno do “Terreirão do Samba”, onde acontecia o evento, informou que está colaborando com a Polícia, que averigua o fato. Também em nota nas redes sociais, eles lamentaram a morte da jovem: “Estamos totalmente desolados com o ocorrido e ficamos inteiramente à disposição para qualquer suporte necessário. Estamos trabalhando junto a autoridades competentes para esclarecer de fato o que provocou tal fatalidade. O dia é de extrema tristeza e de luto”, escreveram.

Deixe seu comentário: