Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

Ciência Estudo da Nasa indica que atividades humanas estão secando o ar da Amazônia

Floresta teve forte queda de umidade nos últimos 20 anos, o que a torna mais vulnerável a incêndios. (Foto: Reprodução)

Um novo estudo da Nasa mostra que, nos últimos 20 anos, a atmosfera acima da floresta amazônica está secando, aumentando a demanda por água e deixando os ecossistemas vulneráveis ​​a incêndios e secas. Também mostra que esse aumento na secura é principalmente o resultado de atividades humanas.

Cientistas do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa, em Pasadena, Califórnia, analisaram décadas de dados terrestres e de satélite sobre a floresta amazônica para rastrear a quantidade de umidade existente na atmosfera e a quantidade necessária de umidade para manter o sistema florestal.

“Observamos que nas últimas duas décadas houve um aumento significativo na secura na atmosfera, bem como na demanda atmosférica por água acima da floresta”, disse Armineh Barkhordarian do JPL, principal autor do estudo. “Ao comparar essa tendência aos dados de modelos que estimam a variabilidade climática ao longo de milhares de anos, determinamos que a mudança na aridez atmosférica está muito além do que seria esperado da variabilidade climática natural”.

Então, se não é natural, o que está causando isso?

Barkhordarian disse que níveis elevados de gases de efeito estufa são responsáveis ​​por aproximadamente metade do aumento da aridez. O restante é o resultado da atividade humana em andamento, mais significativamente, a queima de florestas para limpar a terra para agricultura e pastagem. A combinação dessas atividades está aquecendo o clima da Amazônia.

Quando uma floresta queima, libera partículas chamadas aerossóis na atmosfera – entre elas o carbono preto, comumente chamado de fuligem. Enquanto os aerossóis de cores vivas ou translúcidas refletem a radiação, os aerossóis mais escuros a absorvem. Quando o carbono preto absorve o calor do sol, faz com que a atmosfera aqueça; também pode interferir na formação de nuvens e, consequentemente, nas chuvas.

Todas de Ciência

Compartilhe esta notícia:

Sonda japonesa parte de asteroide em direção à Terra
Já estão na Assembleia Legislativa as propostas do governo gaúcho para reestruturação da previdência e das carreiras do funcionalismo estadual
Deixe seu comentário
Pode te interessar