Últimas Notícias > Notícias > Mundo > Após negativa de museu, um hotel em Nova York deve sediar evento em homenagem a Bolsonaro

Ex-presidente peruano tenta suicídio após ser condenado à prisão

Alan García tenta se suicidar após ser condenado à prisão. (Foto: Reprodução)

O ex-presidente peruano Alan García tentou se matar nesta manhã (17), logo depois a chegada de policiais à sua residência, na capital Lima. Os agentes foram prendê-lo por um caso de corrupção ligado à empreiteira brasileira Odebrecht, segundo depoimentos de policiais escutados pela agência internacional Reuters.

A justiça peruana já havia determinado a prisão de dez dias de Alan García pela acusação de receber dinheiro de forma ilegal da Odebrecht em campanha eleitoral no ano de 2006, segundo o site do jornal peruano ‘El Comercio’. De acordo com a publicação, às 6h25 de Lima (8h25 em Brasília), os agentes chegaram à casa do ex-presidente com um mandado de busca e apreensão. Logo depois, os policiais pediram a Garcia que descesse, já que tinham também, mandado de detenção. Segundo os agentes presentes, ele se comunicou com seu advogado e em seguida se ouviu um disparo. Alan García foi levado ao hospital Casimiro Ulloa, onde passou por uma cirurgia e está em estado grave.

Deixe seu comentário: