Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Ministério Público do RJ defende foro especial para Flávio Bolsonaro em caso Queiroz

Farsul encaminha nova proposta de renegociação para produtores endividados

Para o presidente da Farsul, o principal objetivo é manter o produtor na atividade.(Foto: Gerson Raugust/Divulgação Farsul)

O presidente do Sistema Farsul, Gedeão Pereira, entregou à ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Tereza Cristina, uma segunda proposta de renegociação de dívidas de produtores do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O encontro aconteceu na sede do Ministério, em Brasília, nesta quinta-feira, dia 22. No documento, assinado conjuntamente pela Confederação Brasileira de Agricultura e Pecuária (CNA) e Federação das Associações de Arrozeiros do Estado do Rio Grande do Sul (Federarroz) é sugerida a utilização dos depósitos compulsórios como ferramenta para a repactuação, sem a aplicação de recursos públicos.

A medida atingiria aqueles produtores rurais pessoa física ou jurídica dos dois estados, localizados em municípios com Decreto de Emergência ou Calamidade Pública entre 2017 e 2019 em decorrência de fatores climáticos e que comprovem perdas superiores a 20% por meio de Laudo Técnico Agronômico. Para o presidente da Farsul, o principal objetivo é manter o produtor na atividade. “Precisamos dar esperanças a ele. Garantir uns três anos de prazo na expectativa de que nesse período o país comece a crescer. Nenhum produtor jogou dinheiro fora, ele está morrendo trabalhando e queremos mantê-lo vivo e com tempo para se reorganizar”, afirma Gedeão.

Deixe seu comentário: