Últimas Notícias > Colunistas > Bárbara Veit > Reforma fiscal americana, por que não copiar?

Fatos históricos do dia 13 de janeiro

Eventos

532 — Começa em Constantinopla a Revolta de Nika onde 30.000 revoltosos foram degolados por ordens do Imperador Justiniano I.

1750 — Feito o Tratado de Madri, documento que definiu grande parte do território brasileiro.

1825 — Confederação do Equador: Frei Caneca foi fuzilado.

1860 — A Colônia São Paulo de Blumenau é transferida para o Governo Imperial.

1937 — Criação do Museu Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro.

1948 — Gandhi inicia um jejum em protesto contra as violênicas cometidas por indianos e paquistaneses.

1967 — Gnassingbé Eyadéma realiza outro golpe de estado no Togo.

1972— Henrique Costa Mecking, o “Mequinho”, torna-se o primeiro brasileiro Grande Mestre de xadrez.

Nascimentos

101 — Lúcio Élio, filho adotivo do imperador romano Adriano (m. 138).

1334 — Henrique II de Castela (m. 1379).

1400 — João, Infante de Portugal (m. 1442).

1505 — Joaquim II Heitor, Príncipe-Eleitor de Brandemburgo (m. 1571).

1598 — François Mansart, arquiteto francês (m. 1666).

1610 — Maria Ana de Áustria, Eleitora da Baviera (m. 1665).

1777 — Elisa Bonaparte, princesa francesa (m. 1820).

1837 — Adolf Hausrath, teólogo alemão (m. 1909).

1838 — André Rebouças, engenheiro brasileiro (m. 1898).

1842 — Franklin Távora, escritor brasileiro (m. 1888).

1852 — Gumercindo Saraiva, militar e revolucionário brasileiro (m. 1894).

1864 — Wilhelm Wien, físico alemão (m. 1928).

1871 — Fernando Augusto Pereira da Silva, administrador colonial português (m. 1943).

1879 — Melvin Jones, filantropo norte-americano (m. 1961).

1885 — Manuel Amoroso Costa, matemático brasileiro (m. 1928).

1893 — Chaïm Soutine, pintor russo (m. 1943).

1904 — Richard Addinsell, compositor britânico (m. 1977).

1916 — Liselotte Landbeck, ex-patinadora artística austríaca.

1924 — Paul Feyerabend, filósofo da ciência austríaco (m. 1994).

1927 — Sydney Brenner, biólogo sul-africano.

1929 — Aureliano Chaves, político brasileiro (m. 2003).

1935 — Renato Aragão, comediante brasileiro.

1938 — William B. Davis, ator canadense.

1944 — Chris von Saltza, ex-nadadora norte-americana.

1949 — James Millns, ex-patinador artístico norte-americano.

1954 — Bruno Coulais, compositor francês.

1958 — Francisco Buyo, ex-futebolista espanhol.

Falecimentos

888 — Carlos, o Gordo, imperador carolíngio (n. 839).

1147 — Roberto de Craon, segundo grão-mestre dos Cavaleiros Templários.

1177 — Henrique II da Áustria, duque da Baviera (n. 1107).

1599 — Edmund Spenser, poeta inglês (n. 1552).

1691 — George Fox, reformista cristão inglês (n. 1624).

1759 — José de Mascarenhas da Silva e Lencastre, Duque de Aveiro (n. 1708).

1825 — Frei Caneca, religioso e político brasileiro (n. 1779).

1879 — Jakob Dubs, político suíço (n. 1822).

1894 — William Henry Waddington, político francês (n. 1826).

1906 — Alexander Stepanovich Popov, físico russo (n. 1859).

1916 — Victoriano Huerta, político mexicano (n. 1850).

1923 — Alexandre Ribot, político francês (n. 1842).

1929 — Wyatt Earp, policial norte-americano (n. 1848).

1941 — James Joyce, escritor irlandês (n. 1882).

1943 — Charles Tate Regan, ictiólogo britânico (n. 1878).

Deixe seu comentário: