Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Jogo entre Inter e Ceará tem desconto na reserva antecipada no Edifício-Garagem do Beira-Rio

Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre acontece de 17 a 20 de julho na Capital

Palestras, debates, workshops, concursos de roteiro, rodadas de negócios e mostra competitiva de curtas fazem parte da atração. (Foto: Divulgação)

O Frapa (Festival de Roteiro Audiovisual de Porto Alegre) acontece de 17 a 20 de julho na Cinemateca Capitólio Petrobrás (rua Demétrio Ribeiro, 1085). Sexta edição do maior festival do gênero na América Latina, o evento traz à Capital gaúcha um número recorde de mais de 70 convidados de todo o País.

Palestras, debates, workshops, concursos de roteiro, rodadas de negócios e mostra competitiva de curtas fazem parte da atração que reúne profissionais do cinema, TV e interessados. Na abertura, será exibida a pré-estreia do longa “Alguma Coisa Assim”, com a presença dos diretores Esmir Filho e Mariana Bastos.

Uma sessão comemorativa aos 50 anos de “O Bandido da Luz Vermelha”, de Rogério Sganzerla, encerra o festival. Com direção de Leo Garcia e produção executiva de Mariana Mêmis Müller, o Frapa é uma realização da Coelho Voador e Epifania Filmes. Informações e programação completa no site http://frapa.art.br e pelo e-mail frapa@frapa.art.br.

Entre os nomes de destaque desta edição estão Bráulio Mantovani, Hélio de la Peña, Miguel Machalski e Carolina Kotscho. Indicado ao Oscar pelo roteiro de “Cidade de Deus”, Bráulio assina os dois longas da série “Tropa de Elite”.

Veterano da televisão, De la Peña é conhecido do público como ator e roteirista do grupo “Casseta & Planeta”. Natural da Argentina, o roteirista e escritor Machalski trabalhou como analista nos roteiros dos longas “Billy Elliot” e “Femme Fatale”.

Carolina Kotscho escreveu um dos maiores sucessos de bilheterias da retomada nacional, “2 Filhos de Francisco”. O Frapa deste ano também recebe Jorge Furtado (“Real Beleza”), Karen Akerman (“O Processo”), Julia Priolli (“Me Chama de Bruna”), Aleksei Abib (“Mais Forte que o Mundo”), e outros. A Mostra Competitiva de Curta-Metragens do FRAPA traz 14 títulos, escolhidos entre mais de 100 filmes de 20 nacionalidades, e inclui premiações como “melhor personagem”, “melhor final” e “melhor título”.

“Com o maior número de inscrições e participantes, o Frapa 2018 será a maior edição da história do festival”, garante a produtora executiva Mariana Mêmis Müller. Mais de 350 roteiros de longas e pilotos de TV de todo o Brasil foram inscritos apenas este ano.

“O Frapa cresce ano após ano, tanto em números, quanto em relevância para o setor audiovisual brasileiro e seus profissionais da área do roteiro”, explica Mariana. Nesta edição, 250 projetos participam das “rodadas de negócios”, que reúnem roteiristas e representantes de 25 empresas, entre produtoras, canais e distribuidoras, como Fox, Viacom, Nickelodeon, Canal Brasil, Comedy Central e RT Features.

Deixe seu comentário: