Home > Notícias > Brasil > Juiz Sérgio Moro confisca R$ 640 mil de Cláudia Cruz, mulher do ex-presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha

Filho de Arlindo Cruz diz que cantor responde a sinais e reconhece vozes

Sambista está internado desde sexta (17), quando sofreu um AVC hemorrágico em casa. (Foto: Reprodução)

Segundo Arlindo Neto, filho de Arlindo Cruz, o músico está reagindo bem ao tratamento após sofrer um AVC na última sexta-feira (17). Nesta segunda (20), a sedação foi reduzida e a reação do cantor foi positiva.

“O quadro é grave, porém estável. E ele está dando vários sinais de força, vários sinais de que vai vencer esta luta. A gente tem sentido ele bem. Ele responde aos sinais, a gente fala e ele responde. Toda vez que diminuem a sedação ele se mexe. Não sou médico, mas estamos muitos esparançosos e felizes. Ele está abrindo os olhos agora e sinto que está muito bem”, disse Neto. “Ele reconhece as vozes. Chamei e o olho dele foi na minha direção. Ele sente, sim”, afirmou.

Arlindo Cruz está internado na Casa de Saúde São José, na Zona Sul do Rio.

Mais cedo, Neto publicou um vídeo em seu perfil no Instagram, tranquilizando os fãs do pai: “O cérebro de nosso mestre está intacto, graças a Deus. A tomografia foi ótima. Nenhuma lesão. Hoje já vai começar a diminuir a sedação. Se Deus quiser, hoje abre o olho e começa a responder a alguns estímulos. Vamos rezar para que ele acorde mais calminho para a pressão não subir e ter que sedar novamante (…) Eu estou muito esperançoso, tenho certeza que vai dar tudo certo”.

O hospital divulgou um boletim no início da tarde desta segunda: “O cantor Arlindo Cruz segue internado no CTI da Casa de Saúde São José, no Humaitá, Zona Sul do Rio de Janeiro. Seu estado de saúde continua grave, porém estável. Hoje (20.03) foi realizada uma tomografia computadorizada do crânio, que apontou que não há necessidade de uma nova intervenção cirúrgica neste momento. A equipe médica vai começar a reduzir a sedação para observar a reação do paciente e fazer uma avaliação do quadro neurológico”.

 

Comentários