Home > CAPA – Destaques > Em mais uma ótima atuação, o Grêmio vence o Coritiba por 2 a 0 na Arena pelo Campeonato Brasileiro

Filmado recebendo uma mala com dinheiro, o deputado Rocha Loures chega ao Brasil sob gritos de “ladrão”

Deputado afastado desembarcou em Guarulhos. (Foto: Reprodução)

Deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi filmado recebendo uma mala de dinheiro da JBS/Friboi, segundo o jornal “O Globo”, chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira (19). Loures é apontado como intermediário do presidente Michel Temer para assuntos do grupo J&F com o governo.

Loures estava em Nova York, nos Estados Unidos, acompanhando o evento Person of The Year (personalidade do ano), no qual o prefeito de São Paulo João Doria foi premiado. O deputado afastado desembarcou no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, às 7h35, uma hora depois de o avião pousar, às 6h25min.

No saguão do aeroporto, Loures foi chamado de “ladrão”, “bandido” e algumas pessoas pediram “cadeia”. Ele não quis gravar entrevista, entrou em um táxi branco e não respondeu para qual cidade vai. Limitou-se a dizer que vai se manifestar na “hora adequada”.

Após a delação de Joesley Batista, da JBS, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin determinou o afastamento de Loures do mandato de deputado federal.

Na quarta-feira, o jornal  divulgou reportagem que aponta que o presidente Michel Temer indicou Rocha Loures para resolver uma disputa relativa ao preço do gás fornecido pela Petrobras à termelétrica do grupo JBS.

 A reportagem relata que o dono da JBS marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou sobre sua demanda no Conselho Administrativo de Defesa Econômica. Pelo serviço, segundo O Globo, Joesley ofereceu propina de 5%, e o deputado deu o aval.
O deputado afastado foi filmado pela PF recebendo uma bolsa com R$ 500 mil enviados por Joesley, após combinar pagamento semanal no mesmo valor pelo período de 20 anos. Conforme o relatório, o valor semanal poderia chegar a R$ 1 milhão se o Preço de Liquidação das Diferenças, valor fixado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, em R$/MWh , para a comercialização da energia, ultrapassasse R$ 400.

Comentários