Últimas Notícias > Capa – Destaques > Queda de árvore derruba dois postes de luz e corta energia elétrica no bairro Mont’Serrat e região

Fiscalização apreende carga de mais de 3 toneladas de pescados no Mercado Público

Durante a ação, duas pessoas foram presas em flagrante. (Foto: O Sul)

Uma fiscalização do Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil (Deic) apreendeu uma carga de 3,5 toneladas de pescados que estavam sendo entregues no Mercado Público de Porto Alegre por volta das 5 horas desta quarta-feira (11). A operação contou com o auxílio da Vigilância Sanitária de Porto Alegre, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e da Secretaria Municipal da Saúde e Delegacia do Consumidor.

No caminhão utilizado para a entrega, foram apuradas três toneladas de peixe fresco sem nota fiscal, 300 quilos de tainha sem rótulo e 200 quilos de anequim sem certificado de procedência. Parte da carga, cerca de 800kg, foi doada para o zoológico de Sapucaia do Sul, onde deverá ser usada para alimentar os animais. O restante será encaminhado a uma empresa que deve transformá-la em ração.

Procurado pelo portal O Sul, o delegado responsável, Joel Wagner, destacou que operações como esta são comuns. “Importante frisar que a Delegacia do Consumidor, juntamente com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, realiza diversas ações no sentido de fiscalizar estabelecimentos comerciais. E a ideia não é pegar toda uma carga de um caminhão e descartar, mas sim é verificar se a documentação está coerente, conferindo procedência àquele produto”, disse Wagner.

Em nota, a Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc) ressaltou a qualidade dos produtos comercializados no local. “Todo o pescado comercializado no Mercado Público tem procedência comprovada por meio de nota fiscal. Com relação ao ocorrido na manhã desta quarta-feira (11), na parte externa do prédio, informa que foi feita uma denúncia anônima referente ao caminhão que transportava entre o produto resfriado com destino ao Mercado, caixas contendo peixe congelado, que acabaram sendo apreendidas”.

Na ação, duas pessoas foram presas em flagrante por vender produtos impróprios para consumo e sem procedência. Outro caminhão também foi alvo da fiscalização, porém, acabou sendo liberado.

Deixe seu comentário: