Últimas Notícias > Magazine > Livro sobre Raul Seixas cita suspeita de que ele entregou Paulo Coelho ao regime militar

Governo brasileiro cogita banimento da Huawei do país

(Foto: Reprodução)

Após inúmeros capítulos da novela Huawei versus Estados Unidos, agora, parece que um outro personagem dará as caras na trama: o Brasil.

De acordo com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, o governo de Jair Bolsonaro, muito provavelmente, seguirá as ações tomadas pela Casa Branca e reavaliará a presença da empresa chinesa no país. As informações são da revista Veja.

“Queremos entender melhor quais são os eventuais problemas, diante de uma perspectiva técnica, que podem ser identificados na tecnologia da Huawei. É um trabalho que precisa ser feito, porque nós sabemos que existem preocupações americanas”, afirmando ainda que o governo já está trabalhando com a questão. Nos Estados Unidos a Huawei é acusada de usar seus equipamentos para espionar o país e favorecer o governo chinês.

A afirmação de Araújo, no entanto, vai contra o depoimento do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que já afirmou que não tinha planos de barrar a Huawei no Brasil. No início deste mês, em reunião com Ren Zhengfei, fundador e presidente da Huawei, Mourão disse ter aconselhado o executivo a criar um clima de confiança.