Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > Presa em Santa Catarina uma quadrilha que assaltava agências lotéricas no Rio Grande do Sul

Em um jogo marcado por lances polêmicos, Grêmio e Inter empataram em 0 a 0 na Arena, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro

Clássico deixou o Tricolor na vice-liderança e o Colorado em décimo-terceiro lugar. (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

Em uma Arena lotada por mais de 50 mil torcedores na tarde desse sábado, o Grêmio não conseguiu aproveitar a maior posse de bola e o atual favoritismo diante do Inter e amargou um empate em 0 a 0 no Grenal nº416, válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Com esse resultado, o Tricolor é momentaneamente o vice-líder na tabela da competição, com oito pontos, ao passo que o Colorado ocupa o décimo-terceiro lugar, com cinco pontos.

A partida foi marcada, ainda, por dois incidentes. Aos 49 minutos do segundo tempo, quando a bola ainda estava rodando, um torcedor do Mosqueteiro lançou um sinalizador, que atingiu o campo próximo à meta do goleiro visitante Danilo Fernandes. O fato, relatado pelo árbitro Wilton Pereira Sampaio, poderá render algum tipo de punição aos donos da casa, apesar da identificação do responsável (que chegou a ser agredido por outros torcedores).

Alguns minutos depois, com o duelo já encerrado, um princípio de tumulto entre atletas das duas equipes no gramado, culminou com uma suposta agressão ao atacante Luan por parte do meia colorado D’Alessandro – que não havia participado do jogo, devido a um desconforto muscular de última hora. O fato, porém, não consta na súmula, assim como um segundo “entreveiro” entre ambos os jogadores, já na sala do antidoping.

O duelo

O primeiro tempo do jogo demonstrou um Grêmio com maior domínio do meio campo e maior posse de bola. No entanto, o arqui-rival apresentou uma proposta de combate mais retentiva, inicialmente sem deixar que o Tricolor chegasse à área dos visitantes – o que seria ironizado pelo técnico tricolor Renato Portaluppi como uma estratégia de “time pequeno”, apesar de suas declarações anteriores de que o mais importante é sempre o resultado.

Aos 28 minutos, o lateral gremista Bruno Cortez caiu dentro da grande área, alegando falta do zagueiro Victor Cuesta, mas o juiz não viu irregularidade na jogada. Os donos da casa, aliás, ainda reclamariam de outros dois supostos pênaltis não marcados, um deles em um lance em que o defensor colorado Victor Cuesta teria interceptado a bola com a mão.

A etapa complementar se mostrou mais intensa, com maior volume de jogo e mais chances de gol para o Mosqueteiro. Teve, porém, uma sequência de cartões amarelos (Patrick, Lucca, Leandro Damião e Rodrigo Moledo de um lado, André, Maicon e Kannemann do outro), chutões de bola, faltas e finalizações frustradas para ambos os times. Em 109 anos de rivalidade, são 415 Grenais, com 155 vitórias do Inter e 130 do Grêmio, além de 130 empates.

Compromissos

Nesta terça-feira, às 21h30min, o Grêmio enfrenta fora de casa o Monagas da Venezuela, pela primeira fase da Copa Libertadores da América. A lista de relacionados foi divulgada logo após o Grenal e indica a opção por um time misto, com apenas quatro titulares, a fim de evitar o desgaste da equipe principal, que ainda disputa a Copa do Brasil. No domingo seguinte, o Tricolor encara o Paraná Clube em Curitiba (PR), pelo Brasileirão.

Já o Inter, que até o final de 2018 disputa somente o Campeonato Brasileiro, recebe no estádio Beira-Rio a Chapecoense-SC na noite de segunda-feira da semana que vem e o Corinthians no dia 27 (domingo). No final do mês, encara o Vitória em Salvador (BA) e no dia 2 de maio se reencontra com a torcida para o confronto contra o Sport-PE, pela oitava rodada.

Escalações

Sem poder contar com o volante Ramiro (suspenso) e pelo atacante Jael (lesionado), o Grêmio do técnico Renato Portaluppi colocou em campo Marcelo Grohe, Madson, Geromel, Kannemann, Bruno Cortez; Maicon, Arthur (Cícero), Alisson, Luan, Everton (Lima) e André (Tony Anderson).

Já o Inter, sob o comando de Odair Hellmann, escalou Danilo Fernandes, Fabiano, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Iago, Rodrigo Dourado, o estreante Zeca (Gabriel Dias), Patrick, Rossi (Juan Alano), Leandro Damião (Brenner) e Lucca. Além de D’Alessandro, o time alvi-rubro não pode contar com o volante Edenilson (contundido) e o atacante William Pottker (afastado por cartão vermelho no jogo contra o Flamengo).

 

Deixe seu comentário: