Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > O Peru passou a exigir passaporte de venezuelanos

Guerra paralela

Vereador André Carús, do PMDB, na Câmara Municipal de Porto Alegre. (Foto: Guilherme Almeida/CMPA)

Até agora tem provocado dores de cabeça a candidatos a divulgação de notícias falsas por sites, redes sociais e aplicativos de troca de mensagens.

A punição será regulamentada até o final de março pelo Tribunal Superior Eleitoral. Grandes provedores da Internet sinalizam que não haverá problema em divulgar a autoria quando o Tribunal solicitar.

Princípio pouco praticado

Nos regimes de liberdade, cabe aos partidos desempenhar a ação política voltada ao interesse público, sem o uso de recursos vulgares e o apadrinhamento de filiados. Basta aprender com os países do Primeiro Mundo, que não cobram direito autoral pela transferência de conhecimento.

Zona do conforto

Um dos papéis preferidos por políticos nervosos é estar na oposição. Têm toda a liberdade de criticar e nenhuma obrigação.

Antes que seja tarde

O presidente Michel Temer correu ao Estado de Roraima, buscando encontrar soluções para os venezuelanos que fogem da fome e buscam abrigo. Deveria voltar à região Norte para lançar uma cruzada que estanque a devastação da floresta amazônica feita por madeireiros criminosos. Há necessidade urgente de reforçar o orçamento do Exército que cumpre papel notável.

Pela igualdade

A notícia repercutiu ontem no Palácio Farroupilha e ganhará apoiadores: a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro acaba de aprovar projeto que elimina a exigência de altura mínima para candidatos aos concursos da Polícia Militar, que é de 1 metro e 65 centímetros para homens e 1 metro e 60 centímetros para mulheres. O requisito no Rio Grande do Sul é o mesmo.

O objetivo é garantir tratamento isonômico a todos os candidatos, como estabelece a Constituição Federal.

O que esperar?

Com a volta às aulas, é preciso lembrar: dois em cada quatro jovens de 15 a 17 anos em todo o território nacional não frequenta o ensino médio. Sem formação, sabe-se o que acontece. País nenhum pode admitir tamanho prejuízo para o futuro.

Para dar clareza

A EPTC será obrigada a prestar contas, mensalmente, do que arrecada com as multas de trânsito, além da destinação que dá ao dinheiro. Basta que a Câmara Municipal aprove projeto do vereador André Carús. Atualmente, o valor da receita aparece com atraso no site da EPTC, sem mostrar detalhes.

Em busca da transparência

O total das multas aplicadas em Porto Alegre saltou de 26 milhões de reais em 2016 para 47 milhões no ano passado. O Código de Trânsito Brasileiro prevê a aplicação dos recursos em sinalização, engenharia de tráfego, policiamento, fiscalização e educação de trânsito.

Não há certeza de que isso esteja ocorrendo.

Inigualável

O filme O Destino de Uma Nação tem levado grande público aos cinemas e concorre com seis indicações ao Oscar. Winston Churchill é magnificamente interpretado pelo ator Gary Oldman. O maior estadista do século 20 tinha humor refinado. Exemplo:“Talento político é saber prever com exatidão tudo o que vai acontecer no futuro e saber explicar depois por que nada do previsto aconteceu”.

Quem decidiu

A 15 de fevereiro de 1988, o ministro de Minas e Energia, Aureliano Chaves, criticou o excesso de pressões e influências de grupos na Constituinte, o que fez o país virar corporação: “Vivemos a hora da CGT, da UDR, da CUT, do Centrão. É uma série interminável de siglas, imaginando ser nações estanques, fechadas em seus limites e dispostas a impor soluções exclusivas, que nada mais exprimem do que suas visões particulares.”

A consequência disso tudo continua sendo paga pela maioria silenciosa.

Está chegando

Uma das características que mais se repete nas campanhas eleitorais: a ficção atropela a realidade.

Deixe seu comentário: