Últimas Notícias > Notícias > A “Primavera dos Museus” agita a programação cultural de Porto Alegre nesta semana

Hamilton dedica vitória a um jovem fã que trava uma batalha contra o câncer: “Minha inspiração”

Lewis Hamilton com o troféu da vitória no GP da Espanha. (Foto: Reprodução)

Em uma prova de automobilismo, diversos fatores podem entrar em cena para que um piloto encontre ou perca motivação na busca pela vitória. E no caso de Lewis Hamilton, foi a mensagem de um pequeno fã na manhã deste domingo (12) que o inspirou a triunfar no GP da Espanha depois de ter perdido a pole para o companheiro por 0s6.

“Ontem foi um dia difícil, mas eu cheguei aqui hoje e recebi essa incrível mensagem de um pequeno fã chamado Harry. E isso me inspirou. Quando eu acordei hoje, estava meio perdido sobre como o dia se desenrolaria, mas quando eu vi a mensagem eu meio que pensei: ‘Eu te vejo e estamos juntos, Harry”, revelou.

O menininho em questão é Harry Shaw, fã de cinco anos que foi diagnosticado com sarcoma de Ewings, uma forma rara de câncer nos ossos, em 29 de abril de 2019. E apesar de os médicos terem dado apenas sete dias de vida a Harry, o pequeno guerreiro segue na luta contra a doença. E foi para ele que Hamilton dedicou a vitória deste domingo

“Eu queria dedicar essa (vitória) ao Harry. Muitas vezes você tenta fazer algo por alguém, mas nem sempre funciona como funcionou hoje. Ele está assistindo e vou mandar uma mensagem para ele logo mais. Faremos algo especial para ele”, disse o piloto.

Antes mesmo da largada, o inglês já havia postado um vídeo em que Harry aparece agradecendo os presentes que ganhou (boné e cartão de Hamilton) e desejando boa sorte. Na postagem, Hamilton afirma que Harry será sua inspiração e que tentará deixar o garotinho orgulhoso.

“Harry, você não imagina o quanto essa mensagem significa para mim, amigão. Muito obrigado, você é minha inspiração hoje, Harry. Tentarei te fazer orgulhoso. Você é um menino muito forte e eu gostaria de ser forte como você. Eu gostaria que o mundo visse o quão forte você e que mandasse a você pensamentos bons e orações nesse momento difícil. Estou mandando amor, Harry. Deus de abençoes. Seu amigo, Lewis.”

Dobradinha

Ainda no Azerbaijão, depois de ter perdido a primeira colocação para Valtteri Bottas em uma disputa logo na largada, Lewis Hamilton disse que não seria mais tão generoso com o companheiro de Mercedes novamente. E não foi. Neste domingo (12), o pentacampeão, que ainda havia tomado 0s6 do mesmo Bottas na classificação, partiu de forma segura da segunda posição e, sem nem mesmo mudar de direção na longa reta principal do circuito de Barcelona, contornou a primeira curva na frente e não mais se permitiu ser ameaçado. Foi a terceira vitória do inglês em 2019 e a 76ª da carreira.

Com o triunfo no GP da Espanha, o terceiro consecutivo, Hamilton também reassumiu a liderança na classificação da F1, agora soma 112 pontos contra 105 do colega finlandês, que cruzou a linha de chegada em segundo, garantindo a quinta dobradinha da Mercedes na temporada – mais um recorde para os prateados. Por isso, após a bandeirada, Lewis prestou um tributo ao time. “É a história sendo escrita”, celebrou.

Deixe seu comentário: