Últimas Notícias > Notícias > A “Primavera dos Museus” agita a programação cultural de Porto Alegre nesta semana

Hamilton mostra insatisfação com a Mercedes após o treino livre: “Um dia estranho”

Inglês ficou em terceiro lugar, atrás das Ferraris de Charles Leclerc e de Sebastian Vettel. (Foto: Reprodução)

Em um dia marcado pelo insólito incidente com o britânico George Russell, que teve o assoalho de sua Williams danificado por uma tampa de bueiro solta no circuito de rua de Baku durante o primeiro treino livre para o GP do Azerbaijão, o inglês Lewis Hamilton ficou insatisfeito com o desempenho de sua Mercedes na segunda atividade desta sexta-feira. O pentacampeão mundial da Fórmula 1 ficou em terceiro lugar, atrás das Ferraris do monesgasco Charles Leclerc e do alemão Sebastian Vettel.

“Foi um dia estranho, mas que eu aproveitei”, disse Hamilton, fazendo referência a incidentes como a tampa de bueiro solto e a batida do guincho com uma passarela da pista. “O segundo treino livre correu muito bem. Tive uma boa sensação lá fora e estive mais confortável no carro do que ano passado. Mesmo assim, a Ferrari está claramente muito rápida e parece que eles estão com alguma vantagem sobre nós. Precisamos investigar onde estamos perdendo tempo em relação a eles”, comentou.

No treinamento da tarde, o único no qual os pilotos puderam testar seus carros para o treino oficial de classificação, neste sábado, e a corrida, no domingo, Leclerc foi o mais rápido com 1min42s872, quase 0s7 à frente de Hamilton.

“É improvável que a gente encontre 0s7 em uma noite, mas vamos fazer tudo que for possível para colocar o carro na direção certa. Nosso ritmo de corrida parece um pouco mais forte do que o de volta rápida, então precisamos entender o motivo. A briga de amanhã (sábado) deve ser boa. Sempre estou pronto para uma briga e acho que é isso que os fãs querem ver, então fico empolgado para amanhã”, apontou.

Atual campeão mundial, Hamilton é o líder da temporada de 2019 com 68 pontos, após três corridas. O inglês venceu as duas últimas – Bahrein e China – e o seu companheiro de Mercedes, o finlandês Valtteri Bottas, que está em segundo com 62, ganhou na Austrália.

Hamilton e Vettel escapam de batidas

As armadilhas do circuito de Baku pegaram Lewis Hamilton e Sebastian Vettel. Mas nem tanto… Os dois deram suas escapadas após passarem do ponto de freada, mas ambos conseguiram evitar o choque com as barreiras, o que comprometeria suas participações no restante do treino.

Stroll causa bandeira vermelha

Logo aos 15 minutos de treino, Lance Stroll errou na curva 2 e bateu no muro, causando a quebra da roda esquerda e a interrupção da prática. A atividade ficou dez minutos parada depois que os fiscais retiraram o carro da Racing Point e limparam os detritos do local.

Domínio total da Ferrari

Se depender do desempenho do segundo treino livre, a Ferrari pinta como favorita para o restante do fim de semana. Desde o começo, Charles Leclerc e Sebastian Vettel se revezaram na liderança da sessão, e no fim o monegasco terminou com uma boa vantagem de 0s3.

Deixe seu comentário: