Home > CAPA – Destaques > Em mais uma ótima atuação, o Grêmio vence o Coritiba por 2 a 0 na Arena pelo Campeonato Brasileiro

Inflação para o consumidor desacelera na terceira semana de agosto

Os dados foram divulgados pela FGV (Foto: Reprodução)

O IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor – Semanal) apresentou variação de 0,39% na terceira semana de agosto, 0,09 ponto percentual abaixo da taxa registrada na última apuração, informou nesta terça-feira (23) a FGV (Fundação Getulio Vargas).

Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram taxas mais baixas. A maior contribuição partiu do grupo transportes (de 0,36% para 0,18%), influenciado pela gasolina, cuja variação passou de 0,82% para -0,01%.

Também apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos saúde e cuidados pessoais (0,91% para 0,67%), vestuário (0,32% para -0,06%), comunicação (0,55% para 0,32%) e despesas diversas (0,19% para 0,03%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens artigos de higiene e cuidado pessoal (2,58% para 1,57%), roupas (0,28% para -0,06%), tarifa de telefone móvel (1,86% para 1,30%) e tarifa postal (3,53% para 1,44%).

Em contrapartida, os grupos alimentação (0,69% para 0,70%) e educação, leitura e recreação (1,10% para 1,11%) tiveram acréscimo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, as maiores contribuições partiram dos itens frutas (-0,07% para 2,43%) e passeios e férias (-1,51% para -1,30%). O grupo habitação não registrou variação pela segunda semana consecutiva.

 

Comentários