Últimas Notícias > CAD1 > Goleiro menos vazado nos Estaduais, Paulo Victor atribui momento à força do elenco gremista

Informatização em leitos do SUS permite que métricas auxiliem atendimento

Foto: Agência Brasil

A previsão é que a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) atinja até o fim de março 100% do monitoramento de leitos hospitalares pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Porto Alegre. O controle permite acompanhar a movimentação do paciente, da internação à alta, de forma integrada aos hospitais. Com a implementação, é possível fiscalizar a evolução do caso do paciente, bem como transferência alta, que podem ser feitas em plataforma web.

A sistematização e informatização foram possíveis devido a investimentos no setor, incluindo o Sistema de Gerenciamento de Internações (Gerint). Em relação ao tempo de espera, 75% dos pacientes obtiveram autorização de acesso ao hospital em menos de 24 horas após solicitação, 12% entre 24 e 48 horas e 13% aguardaram mais de 48 horas. Os dados são relativos a dezembro de 2018.

Com o uso do monitoramento, o sistema ampliou 115% os registros de internações, de 73 mil em 2017 para 158 mil no ano seguinte. De acordo com a Coordenação de Regulação da SMS, pela primeira vez é possível estabelecer a métrica de internações hospitalares. “Hoje, a secretaria consegue acompanhar de perto as internações feitas na cidade, identificando onde estão os leitos livres”, explicou o coordenador Jorge Osório.

Deixe seu comentário: