Últimas Notícias > Notícias > Mundo > Manifestantes são dispersados com gás lacrimogêneo em Hong Kong em novo dia de protestos

Instituições culturais de Porto Alegre abrem as portas, neste sábado, para mais uma edição da “Noite dos Museus”

Margs é um dos locais com programação especial alusiva ao evento. (Foto: Divulgação)

Diversas instituições participam, neste sábado, da quarta edição do evento “Noite dos Museus”. Das 19h à 1h e com entrada franca, estarão abertos à visitação o Memorial do Rio Grande do Sul, o Museu da Comunicação Hipólito José da Costa, o MAC (Museu de Arte Contemporânea), o Margs (Museu de Arte do Rio Grande do Sul) e o Museu Julio de Castilhos.

Também estão engajadas à programação da “Noite dos Museus” as seguintes instituições culturais: Fundação Iberê Camargo, Museu de Porto Alegre Joaquim Felizardo, Instituto Goethe, Planetário, Museu da UFGRS, Centro Histórico-Cultural da Santa Casa, Museu da Brigada Militar, Pinacoteca Rubem Berta e Centro Cultural Erico Verissimo. A programação detalhada de locais, horários e conteúdos pode ser conferida no site www.noitedosmuseus.com.br.

No Memorial do Rio Grande do Sul e no Hipólito, o destaque fica por conta de apresentações de música instrumental e ritmos brasileiros, enquanto o MAC oferece como atração música latinoamericana, samba e cortejo. “Não poderíamos faltar em um evento como este, que conecta as instituições e compartilha atividades artísticas com o grande público”, ressalta o diretor do MAC, André Venzon.

Já no Margs, a música terá como companhia um campeonato de poesia falada e um espetáculo teatral. E no Julio de Castilhos, o mais antigo museu do Estado, a programação especial inclui música e dança. “Trata-se de uma oportunidade para que os visitantes vivenciem a instituição de modo sensorial, por meio de som e luzes”, salienta a diretora Doris Couto. “Desse modo, 116 anos de narrativas históricas chegarão a pessoas que nunca estiveram neste museu.”

Memorial do Rio Grande do Sul

(Praça da Alfândega – Centro Histórico)

– 19h45min: Aluisio Rockembach (música);

– 21h: Los 3 Plantados (música);

– 22h30min: Gruvorama (música instrumental);

– 23h45min: Calote (ritmos brasileiros).

Museu da Comunicação Hipólito José da Costa

(Rua dos Andradas nº 959 – Centro Histórico)

– 19h30min: Erick Endres (música);

– 21h: Grupo Pituna (música instrumental);

– 22h30min: Trabalhos Espaciais Manuais (música instrumental);

– 23h45min – Arthur de Faria e Grupo (música).

Museu de Arte Contemporânea

Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas nº 736 – Centro Histórico)

– 19h: Misstake (performance);

– 20h: Conjunto musical La Digna Rabia (música latino-americana);

– 21h30min: Maracatu Truvão (cortejo);

– 22h15min: Ortácio, Borghetti, Salazar e Poty (música);

– 23h30min: Rafa 16 & Caco Velho Quinteto (samba).

Margs (Museu de Arte do Rio Grande do Sul)

(Praça da Alfândega – Centro Histórico)

– 20h: Especial Slam Peleia (campeonato de poesia falada);

– 21h30min: Érico Moura (violão);

– 22h45min: Mulheragem (espetáculo teatral);

– 23h45min: Mathias 7 Cordas (choros, sambas e valsas).

Museu Julio de Castilhos

(Rua Duque de Caxias nº 1205 – Centro Histórico)

– 19h30min: Manchas Urbanas (apresentação de dança);

– 19h45min: Ortácio, Borghetti, Salazar & Poty (música);

– 21h – 50 Tons de Blues (espetáculo musical);

– 22h15min – Saldana (música);

– 23h45min – Uma noite para criar, um dia para dançar – Geda Cia. de Dança (espetáculo de dança).

Viva Porto Alegre a Pé

Também neste sábado, mas pela manhã, outra opção cultural mobiliza a capital gaúcha: mais uma edição do projeto “Viva Porto Alegre a Pé”. Desta vez, o passeio guiado tem como foco bairro Moinhos de Vento. O ponto de encontro é a Hidráulica da Corsan (rua 24 de Outubro nº 200). A inscrição é um quilo de alimento não perecível e deve ser feita neste site. Em caso de chuva, o evento será cancelado.

A atividade tem como orientador o arquiteto Helton Estivalet Bello, mestre em Planejamento Urbano e Regional pela UFRGS, professor da UCS (Universidade de Caxias do Sul), ex-técnico da Equipe do Patrimônio Histórico e Cultural de Porto Alegre) e especialista em Restauração de Edificações e Conjuntos Históricos pela Universidade Federal da Bahia.

(Marcello Campos)

Deixe seu comentário: