Últimas Notícias > Notas Capital > Autor confesso de homicídio de taxista é preso em Erechim

Jornalistas acusados de criar grupo para perseguir feministas

O meio jornalístico francês foi abalado pela descoberta de um grupo on-line de profissionais da área dedicado à perseguição, com piadas, de mulheres e minorias nas redes sociais. Diversas vítimas decidiram relatar suas experiências e, nesta segunda (11), o jornal “Libération” anunciou a suspensão de dois de seus jornalistas, acusados de terem atuado por anos como membros da “gangue” virtual.

Deixe seu comentário: