Últimas Notícias > Colunistas > Militares & Witzel

Jovens danificam quadro de Salvador Dalí ao fazer selfie em museu na Rússia

O pintor surrealista Salvador Dalí. (Foto: Robson Fernandjes/ Fotos Públicas)

Duas jovens danificaram um quadro de Salvador Dalí ao fazer selfies no museu Glavny Prospekt, na cidade de Ecaterimburgo, na Rússia. Enquanto tiravam as fotos, as turistas derrubaram um painel que expunha, além da obra de Dalí, um quadro do pintor espanhol Francisco de Goya.

A polícia local abriu uma investigação, mas decidiu não abrir processo. Um empregado do museu explicou que um grupo de quatro garotas estava se comportando de “maneira inadequada” no museu. As duas jovens, da cidade russa Chelyabinsk, abandonaram rapidamente o local após o incidente.

Os responsáveis pelo museu não divulgaram os nomes dos quadros danificados, mas informaram que a obra de Dalí é inspirada na série “Os Caprichos” de Goya.

A magnitude dos estragos ainda está sendo avaliada, mas o museu pretende enviar os quadros para Moscou ou algum centro na Alemanha para análise de especialistas. “A pintura de Dalí se danificou com os vidros quebrados após a queda. A de Goya, está intacta”, revelou um porta-voz.

Casal indiano

Um casal indiano morreu ao cair em um abismo no parque Yosemite da Califórnia enquanto, supostamente, fazia uma selfie, informou um familiar e meios de comunicação. Vishnu Viswanath, de 29 anos, e Meenakshi Moorthy, de 30, faleceram ao caírem do Taft Point, um mirante popular no parque que não tem parapeito.

Seus corpos foram recuperados na quinta-feira pelos guardas do parque. O irmão de Viswanath disse à imprensa local na Índia que acredita que o casal estava fazendo uma selfie quando a tragédia aconteceu. O casal, que morava nos Estados Unidos, era entusiasta de viagens e tinha um blog chamado “Holidays and HappilyEverAfters” no qual relatava as suas aventuras.

“A nossa vida vale uma foto?”

Em uma publicação recente no Instagram, MoorThy publicou uma foto sua sentada na beira do Grand Canyon e refletiu sobre a “temerária” ação. “A nossa vida vale uma foto?”, escreveu. As autoridades anunciaram que a investigação das mortes pode levar vários dias. O casal caiu quase 245 metros do Taft Point até uma área com terreno íngreme, e os socorristas tiveram que usar um helicóptero para recuperar os corpos.

Cerca de 259 pessoas morreram em todo o mundo nos últimos anos enquanto faziam selfies, de acordo com um estudo publicado no início do mês de outubro no Journal of Family Medicine and Primary Care. A maior parte das mortes aconteceu na Índia, onde foram reportados 159 casos deste tipo desde 2011, segundo a análise.

Deixe seu comentário: