Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Bolsonaro sugere sua reeleição durante discurso: “Lá na frente, todos votarão em mim, tenho certeza”

Judoca egípcio ignora espírito olímpico, não cumprimenta israelense e público vaia

O judoca egípcio El Shehab (dir) se recusa a cumprimentar o israelense Or Sasson (foto: reprodução)

Após perder uma luta nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o judoca egípcio Islam El Shehaby se recusou a cumprimentar seu oponente israelense, Or Sasson, e foi vaiado pelo público da arena. Os dois disputavam a segunda fase na categoria peso pesado, de mais de 100 quilos.

Quando Sasson estendeu a mão, El Shehaby recuou, sacudindo a cabeça. O israelita, em seguida, deu às costas ao oponente. Além de se negar cumprimentar Or Sasson, quinto colocado no ranking mundial, o egípcio ia deixar o tatame sem fazer a tradicional referência do judô, mas foi obrigado pelo juiz a retornar e cumprir a formalidade.

Israelenses e egípcios estão constantemente em conflito, juntamente com os palestinos, pelo controle da região da Faixa de Gaza. O Egito atualmente controla a parte sul do território e atua como mediador nas negociações entre as partes, que ainda não chegaram a um acordo.

Deixe seu comentário: