Últimas Notícias > Colunistas > Governo federal vai colocar em dia pagamentos de obras no RS

Homem que matou adolescente no aeroporto Salgado Filho é condenado a 26 anos de prisão

(Foto: Divulgação/Ministério Público)

O responsável por matar a tiros Marlon Roldão Soares, de 18 anos, em setembro de 2016, no Aeroporto Internacional Salgado Filho, foi julgado nesta quinta-feira (18). Diego da Silva Severo, de 28 anos, foi condenado a 26 anos de prisão e multa de 15 dias. O julgamento aconteceu na 1ª Vara do Tribunal do Júri da de Porto Alegre.

O réu respondeu por homicídio qualificado por motivos torpe e fútil e tentativa de homicídio quintuplamente qualificado, por ter atirado em um amigo da vítima. Além destas acusações, ele também foi julgado por crimes de receptação, adulteração de sinal de veículo automotor e corrupção de adolescente.

O crime

Em 19 de setembro de 2016, por volta das 11h da manhã, a vítima aguardava um voo com destino ao Espírito Santo, junto ao padrasto e outros dois amigos, no Aeroporto Internacional Salgado Filho. Marlon Roldão Soares viajaria para visitar a avó. Diego da Silva Severo e um comparsa, com a mesma idade de Marlon, aguardavam a chegada dele no terminal de embarque, em uma campana, onde conseguiam ter fácil visualização da movimentação de Marlon. Quando o jovem já estava no portão de embarque, os dois entraram no local e atiraram diversas vezes contra ele. Um dos tiros atingiu um dos amigos que teriam ido se despedir do jovem, mas ele sobreviveu aos ferimentos. Os dois responsáveis pelos disparos fugiram do local.

A vítima morreu no local. A motivação seria uma disputa comercial pelo domínio do tráfico de drogas e o fato do rapaz namorar uma jovem que morava na região onde uma facção criminosa rival dominava.

Deixe seu comentário: