Últimas Notícias > Atividades Empresariais > Cláudia Aragón ministra curso “Limpando Texto” na ESPM

Justiça manda soltar mulher presa por furto de energia qualificado em templo satânico em Gravataí

A mulher havia sido presa na manhã de sexta-feira. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Justiça mandou soltar, na noite de sexta-feira (12), a mulher de 28 anos presa por furto de energia qualificado em um templo satânico em Gravataí, na Região Metropolitana de Porto Alegre. Aline Melo da Silva havia sido detida pela manhã e encaminhada ao Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier, em Porto Alegre.

Ela foi libertada após pedido da sua defesa, que argumentou que Aline não é dona do imóvel. Ela é mulher do bruxo Silvio Fernandes Rodrigues, que está preso por ter praticado um ritual de magia negra no templo no qual duas crianças foram esquartejadas. O homem nega as acusações.

Segundo a delegada Marina Ver Goltz, na manhã de sexta os policiais civis foram ao local acompanhados de técnicos da concessionária RGE. Eles constataram a ligação de energia clandestina feita diretamente na rede da empresa.

Crianças mortas

O ritual de magia negra feito no templo no qual duas crianças foram mortas é investigado pela polícia. Os menores teriam sido alcoolizados e depois esquartejados. Existe ainda a suspeita de abuso sexual.

Os corpos das vítimas foram encontrados esquartejados no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, no ano passado. A Justiça decretou a prisão de sete suspeitos.

Deixe seu comentário: