Domingo, 26 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Fair

Capa – Caderno 1 Justiça solta motorista que causou acidente com duas mortes em Gravataí

Acidente aconteceu no último sábado (10). (foto: Reprodução CRBM / Divulgação)

O motorista Rafael Cândido Dias foi solto após ficar pouco mais de 24h preso por se envolver em um acidente que resultou na morte de um casal na RS-020, em Gravataí. A decisão foi do serviço de plantão do Tribunal de Justiça (TJ). O condutor, que estava alcoolizado no momento do acidente, passou detido parte do tempo em viaturas da Brigada Militar (BM) e o restante no Presídio Central, em Porto Alegre.

O desembargador João Batista Marques Tovo justificou a anulação da prisão com o fato de Dias  ser réu primário (não possui antecedentes) e dele ter sido autuado pelo delegado por um crime culposo (sem dolo). Conforme o desembargador, não se deve manter o motorista preso, visto que ele não tinha intenção do crime.

O advogado do acusado, Luiz Fernando Rodrigues, foi quem pediu o habeas corpus. De acordo com a defesa, o cliente nunca tinha se envolvido em um crime e também não tinham ocorrências contra ele. Rodrigues falou que Dias é uma pessoa do bem e que o acontecido foi uma exceção.

O caso

O motorista foi preso após o acidente que ocorreu às 2h de sábado (10). Segundo a Brigada Militar, o criminoso tentou fugir após colidir no carro do casal, mas moradores apontaram seu paradeiro à polícia, a dois quilômetros da rodovia. Após ser encontrado, ele realizou o teste do bafômetro que apontou a presença de álcool em seu corpo. O condutor foi encaminhado para a delegacia de plantão, onde foi preso em flagrante por homicídio culposo de trânsito com agravante de estar sob álcool.

O delegado da 1ª Delegacia de Polícia de Gravataí, Marcio Zachello é o responsável pela investigação do fato, e disse que o inquérito tem até 30 dias para ser resolvido. Nesta verificação do crime, Zachello pode mudar a classificação e indiciar o condutor por um crime com dolo eventual, no qual ele assuma os riscos de seus atos.

O casal que faleceu no acidente foi identificado como Paulo Roberto Ferreira da Silva, 47, que estava dirigindo o outro veículo, e Janete Souza Scherer, 54. Os dois viajavam em um Fiat Uno e foram atingidos pelo Ford Fusion conduzido por Rafael.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Cartão de confirmação do Encceja já está disponível para candidatos 


Sarampo: número de casos da doença é o mais alto em 13 anos
Deixe seu comentário
Pode te interessar