Lady Francisco: O símbolo sexual de uma época efervescente do cinema brasileiro

O corpo da artista será cremado nesta segunda-feira (27). (Foto: Reprodução de TV)

Leyde Chuquer Volla Borelli Francisco de Bourbon nasceu em Belo Horizonte (MG), onde deu os primeiros passos na sua carreira. Nos anos 1970, Lady, já considerada um símbolo sexual, estrelou várias pornochanchadas, entre elas “Um varão entre as mulheres” (1974), “As deliciosas traições do amor” (1975) e “O padre que queria pecar” (1975). Dois anos depois, a artista voltou a se destacar no cinema, dessa vez no filme “Lúcio Flávio, o passageiro da agonia”.

Conhecida do grande público também por sua participação como jurada do programa “Flávio Cavalcanti”, sucesso entre as décadas de 1960 e 1970, Lady brilhou em inúmeras novelas. A atriz se destacou em “Barriga de aluguel”, 1990, no papel de Yara, e em 1996 em “Explode coração”. Em 2005 também brilhou como Generosa em “Alma Gêmea”.

Além de chamar atenção pelo talento, Lady despertava curiosidade por falar abertamente sobre ter deixado de ter relações sexuais há 33 anos e por declarar que nunca teve um orgasmo.

O último trabalho da atriz na TV foi em “Malhação: Vidas brasileiras” em que interpretou a milionária Lorraine. Já sua estreia na telinha foi como garota-propaganda anunciando produtos na Itacolomi, emissora de Belo Horizonte, no final dos anos 1960. A primeira novela foi “Jerônimo, o herói do sertão ” (1972), exibida na extinta TV Tupi.

Lady Francisco morreu no sábado (25), aos 84 anos, no Rio de Janeiro. Ela estava internada no hospital da Unimed- Rio, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. A artista foi hospitalizada no fim de abril após quebrar o fêmur durante um passeio com seus dois cachorros.

“O Hospital Unimed-Rio informa, com pesar, o falecimento de Leyde Cauquer Francisco, às 13h10min deste sábado, por falência de múltiplos órgãos, decorrente de isquemia enteromesentérica (transtorno vascular agudo dos intestinos)”, disse o comunicado do hospital.

A atriz teve dois filhos, Oscar Victor, de 54 anos, e Andrea Frank, de 53.

Cremação

O corpo da atriz Lady Francisco foi velado no Teatro Leblon, na sala Fernanda Montenegro, na Zona Sul do Rio, até a tarde deste domingo (26). Amigos, parentes e fãs se despediram da atriz.

Oscar Francisco, filho da atriz, recebeu colegas e fãs no teatro onde os dois trabalharam juntos. Ele falou com carinho e emoção sobre o trabalho da mãe na TV, cinema e teatro.

“Minha mãe era uma guerreira. Ela deixa uma história linda para todo mundo, de alegria e felicidade. Vamos continuar lutado e tentar trazer essa felicidade que ela tinha. Uma felicidade genuína. Tive o privilégio de ser filho, colega e dirigi-la. Ela está agora no céu. O céu ganhou uma grande estrela”, disse.

O corpo da atriz será cremado nesta segunda (27), no cemitério da Penitência, no Caju, na região Portuária da cidade, em cerimônia íntima somente para familiares.

 

Deixe seu comentário: